Ave Maria Imaculada... Rezai o Terço todos os dias... Mãe da Eucaristia, rogai por nós...Rainha da JAM, rogai por nós... Vinde, Espirito Santo... Jesus, Maria, eu amo-Vos, salvai almas!

Orações

Jaculatórias

JACULATÓRIAS

O que são as jaculatórias? São um tipo de oração.

O que são as jaculatórias? São um tipo de oração.

As orações, com as quais nos dirigimos a Deus, têm uma semelhança muito grande com o modo como nos relacionamos com as pessoas que amamos.

De que modo as pessoas costumam manifestar o amor à pessoa amada? De três formas:
- de modo espontâneo: dizendo palavras que brotam do amor, da intimidade (onde se incluem também a conversa, o diálogo)
- recitando poesias
- dizendo frases curtas de amor: “Eu amo-te!”, “Tu és tudo para mim!”, “Tu és a criatura mais linda que eu já vi!”, etc.

A Deus também nos podemos dirigir de três formas e cada uma corresponde a um tipo de oração.

A primeira, que é a forma espontânea, onde se incluem a conversa, o diálogo entre duas pessoas que se amam e, mais concretamente, com Deus, é a “oração mental”.

A segunda, feita de poesias é a “oração vocal”. São orações vocais o Pai-Nosso, a Ave-Maria, o Glória ao Pai, a Salve Rainha, o Santo Anjo do Senhor, etc.

A terceira, feita de frases curtas de amor, são precisamente as “jaculatórias”.
Alguns exemplos de jaculatórias são: “Jesus, eu amo-Te!”, “Doce Coração de Jesus, sede o meu amor!”, “Meu Deus e meu tudo!”, etc.

A palavra jaculatória vem do latim “iacula” e significa “flecha”. De facto este é o sentido da jaculatória: ser uma flecha de amor que se dirige a Deus.

Os santos ensinam-nos que este é um modo valiosíssimo de se dirigir a Deus. E apontam algumas razões:
1. É uma oração muito simples que pode ser dita a qualquer hora e em qualquer lugar, perfeitamente compatível com uma pessoa que vive atarefada no meio do mundo. De facto, quando estamos a estudar, a trabalhar, não conseguimos dialogar com Deus, nem sequer dizer orações vocais, a não ser que interrompamos o trabalho ou o estudo. No entanto, podemos dizer jaculatórias e elas darão um sabor e um sentido elevado ao nosso trabalho.
2. Elas ajudam-nos a manter ininterrupta a nossa relação com Deus.
3. Aquecem o nosso amor a Deus: assemelham-se aos gravetos que são lançados ao fogo para que ele não se apague.
4. Todo o grande amor a Deus, inclusive o cume da santidade, começa com as jaculatórias que vão levando a alma a um desejo profundo de intimidade com Deus.

Por isso, e por ser um modo natural de se dirigir a Deus, vale a pena incorporá-las na nossa vida!

Exemplos de jaculatórias (se bem que todos nós podemos inventar as nossas):
- Doce Coração de Jesus, sede o meu amor!
- Coração sacratíssimo e misericordioso de Jesus, dai-nos a paz!
- Senhor, Tu sabes tudo, Tu sabes que Te amo!
- Sou teu, para ti nasci, que queres, Jesus, de mim?
- Jesus, eu amo-Te!
- Senhor, abandono-me em Ti, confio em Ti, descanso em Ti!
- Mãe, minha Mãe!
- Doce Coração de Maria, sede a minha salvação!
- São José, meu pai e senhor!
- Faça-se, cumpra-se, seja louvada e eternamente glorificada a
justíssima e amabilíssima Vontade de Deus sobre todas as coisas. Assim seja.
- Creio mais do que se Te visse com os meus olhos, mais do que se Te
escutasse com os meus ouvidos, mais do que se Te tocasse com as minhas mãos.
- Queima-nos com o fogo do Espírito Santo!
- Senhor, se quiseres, podes curar-me!
- Jesus, filho de David, tem compaixão de mim!

Comecemos a dizê-las frequentemente e veremos o bem que nos fará: será como elevar-nos da terra e estarmos mais perto das coisas celestiais!

 

Regressar