Ave Maria Imaculada... Rezai o Terço todos os dias... Mãe da Eucaristia, rogai por nós...Rainha da JAM, rogai por nós... Vinde, Espirito Santo... Jesus, Maria, eu amo-Vos, salvai almas!

Meditar faz bem

Só há uma escolha

Só há uma escolha: os bens passageiros da terra, ou os eternos do Céu

 O nosso corpo é um vaso de corrupção; é para a morte e para os vermes, tão só…  E, entretanto nós tudo fazemos para o satisfazer, antes do que enriquecer a nossa alma, que é tão grande que nada se pode imaginar de maior, nada, nada. Nós vemos que Deus, premido pelo ardor da sua caridade, não nos quis criar semelhantes aos animais; mas criou-nos à sua imagem e semelhança. Oh! Como o homem é grande! O homem criado por amor não pode viver sem amor: ou ama a Deus, ou se ama e ama o mundo. É a fé que falta. Quando o homem não tem fé, é cego. Aquele que não vê, não conhece; o que não conhece não ama; o que não ama a Deus ama-se a si próprio e ao mesmo tempo ama os seus prazeres. Apega o coração a coisas que passam como fumo. Não pode conhecer nem a verdade nem bem algum; só pode conhecer a mentira porque não tem a luz; está na névoa.  Se tivesse a luz, veria bem que tudo o que ele ama só lhe pode dar a morte eterna; é um antegozo do inferno. Fora de Deus, nada é sólido, nada, nada! Se é a vida, passa; se é a fortuna, desmorona-se; se é a família, é destruída; se é a reputação, é atacada. Nós vamos como o vento.  Tudo passa com velocidade, tudo se precipita. Ah! Meu Deus, meu Deus! Como são para lastimar esses que põem o seu afeto em todas essas coisas!…  Põem-no, porque se amam demasiado; mas não se amam com amor razoável; amam-se com o amor de si mesmos e do mundo, procurando-se e procurando as criaturas mais do que a Deus.  É por isto que nunca estão contentes, nunca tranquilos; estão sempre transtornados. O bom cristão percorre o caminho deste mundo montado num belo carro de triunfo; esse carro é puxado pelos anjos, e é Nosso Senhor quem o conduz; ao passo que o pecador é atrelado ao carro da vida, e o demónio, que está na boleia, força-o a avançar com fortes chicotadas. Os três atos de fé, de esperança e de caridade encerram toda a felicidade do homem na terra. Pela fé nós cremos aquilo que Deus nos prometeu, cremos que o havemos de ver um dia, que o possuiremos, que estaremos eternamente com ele no Céu. Pela esperança guardamos o efeito destas promessas: esperamos que seremos recompensados de todas as nossas boas ações; de todos os nossos bons pensamentos, de todos os nossos bons desejos; pois Deus leva em conta mesmo os bons desejos.  Que mais é preciso para ser feliz?

Regressar