Ave Maria Imaculada... Rezai o Terço todos os dias... Mãe da Eucaristia, rogai por nós...Rainha da JAM, rogai por nós... Vinde, Espirito Santo... Jesus, Maria, eu amo-Vos, salvai almas!

Meditar faz bem

Ninguém põe vinho novo em odres velhos

“Ninguém põe vinho novo em odres velhos; porque, senão, o vinho novo arrebenta os odres velhos e se derrama; e os odres se perdem” (Lucas 5, 37).

O recipiente onde colocamos o vinho para depois ser consumido é muito importante, porque ajuda a conservar o sabor do vinho. Imagine um vinho novo, bom, de excelente qualidade, que você coloca em odres velhos, que conservam ainda aquele resquício de coisas velhas, o melhor vinho vai se estragar.

A Palavra de Deus é sempre uma Boa Nova, sempre uma novidade, algo novo para o nosso coração! Às vezes, você lê a Palavra de Deus e diz: “Esta, já eu conheço! Esta Palavra não me disse nada!” Mas o problema não está na Palavra nem no que Deus nos traz; o problema está no nosso coração, que não se abre ao novo, não se renova. O problema está na mentalidade que temos na nossa cabeça.

A expressão “mente aberta” não quer dizer ser uma pessoa liberal, que concorda com tudo, que permite tudo. Não é nada disso! A expressão “mente aberta e coração aberto” quer dizer, sobretudo, ter uma mente e um coração que estão abertos ao novo, que se abre à renovação.

A mente e o coração que se abrem para a novidade escutam o outro. Pode ser que você nem concorde com aquilo que o outro lhe vai trazer, mas você escuta, absorve e fica com aquilo que é bom, e o que não serve, descarta.

Quando uma pessoa tem um coração trancado e velhaco, não consegue absorver as novidades. E eu repito que ‘novidades’ não são coisas novas que aparecem. Novidade é a renovação que Deus opera na nossa vida!

Muitas vezes, escuto uma criança a falar, e o que ela diz é tão novo para a minha vida! Quando escuto uma pessoa idosa, um casal ou uma senhora a falar, que sabedoria há naquelas palavras, que são simples, mas cheias de profundidade. Mas quando já somos sábios ou nos achamos entendidos, quando achamos que já sabemos de tudo e que temos todo o conhecimento, tudo o que o outro diz não nos convence, nada do que a Palavra de Deus nos traz nos renova, porque o nosso coração está travado, fechado e muito velho.

Aqui não importa a sua idade, porque há muitos jovens que se encontram com o coração fechado e envelhecido. Entretanto, há tantos idosos que até o sorriso expressa a novidade do coração e a alegria de ouvir a Deus.

Se você quer que Deus faça algo na sua vida, e Ele tem sempre algo para nos renovar, para rejuvenescer o nosso coração e a nossa mentalidade, é preciso cada dia abrir-se para o novo. Muitos podem pensar: “Eu não vou ter opinião própria?” É claro que vai ter opinião, mas até quem tem opinião própria sabe abrir-se à opinião do outro, para acolher o que o outro diz. Quem tem opinião própria sabe abrir-se para renovar o que pensa ou tornar melhor o que traz dentro de si.

Deus quer renovar-nos por inteiro, quer renovar todo o nosso ser. É preciso abertura de coração e de mente, porque o vinho novo, que vem de Deus, renova todas as coisas dentro do nosso coração.

Regressar