Ave Maria Imaculada... Rezai o Terço todos os dias... Mãe da Eucaristia, rogai por nós... Rainha da JAM, rogai por nós... Vinde, Espirito Santo... Jesus, Maria, eu amo-Vos, salvai almas!

Mais saúde

Deixar de fumar sem ganhar peso

 

Deixar de fumar sem ganhar peso!

Primeira parte

Os motivos para parar de fumar são muitos. Então, por que é que as pessoas (ou tu) continuam a render-se ao cigarro? A “desculpa” da maioria é que largar o vício pode implicar ganhar alguns quilos.
Sabe um pouco mais sobre os efeitos do cigarro e fica por dentro de dicas sobre como abandoná-lo sem teres de passar pelo pesadelo de ganhar peso.

Parar de fumar sem engordar

A nicotina do tabaco actua como uma droga estimulante que altera o teu metabolismo, reduz o apetite, a vontade por doces, faz com que a digestão seja mais lenta e que te satisfaças rapidamente. O simples acto de teres um cigarro na mão parece evitar que leves uma batata frita à boca num bar, tornando-se um ritual após as refeições para não ceder as tentações das sobremesas. Por isso, muitos fumantes, especialmente mulheres, têm medo de engordar se deixarem de fumar.
Mas é possível deixar de fumar sem engordar, e ainda emagrecer alguns quilos, ganhando em dobro no que diz respeito à saúde.
É um mito dizer que deixar de fumar engorda. Cerca de 40% dos homens e 49% das mulheres pensam o contrário quando deixam de fumar. Dos que sofrem mudanças de peso, 47% ganham entre 2 e 3 kg, em média, quando deixam o tabaco, 30% ganham menos de 2 kg, e o restante (23%) chega até a perder peso.
As pessoas de mais idade, que fumam 15 cigarros por dia há mais de 10 anos, são as mais propensas a engordar em comparação às mais jovens. Não é preciso deixar a balança assustar quando quiseres deixar de fumar. Lembra-te que largar o cigarro implica uma mudança de mentalidade! Tenta aproveitar este momento para introduzires hábitos mais saudáveis na tua vida!

Se praticar desporto, posso fumar?
O tabagismo é uma enfermidade crónica viciante. Ser um bom desportista não te vai salvar das complicações que o tabaco causa à tua saúde. O consumo do cigarro diminui o rendimento físico, pois os pulmões estão deteriorados pelo fumo e não absorvem o oxigénio adequadamente.

O tabaco pode provocar muito mais do que apenas um cancro.

.:Queda de cabelo;
.: Cataratas e infecções oculares;
.: Envelhecimento precoce;
.: Perda de audição;
.: Cancro da pele;
.: Cancro do pulmão;
.: Cancro da boca;
.: Cancro da laringe e esófago;
.: Cancro da bexiga;
.: Cancro do rim;
.: Cancro do útero;
.: Aborto espontâneo;
.: Deterioração dos dentes;
.: Enfisema pulmonar;
.: Osteoporose;
.: Cardiopatias;
.: Úlcera gástrica;
.: Infertilidade masculina;
.: Psoríase.

As vantagens começam duas horas depois. Imagina depois de cinco anos!

Segunda parte

• Seis horas depois de parar, a velocidade das batidas do teu coração e a pressão arterial começam a normalizar.
• Entre 12 e 24 horas, a eficiência do teu sangue para transportar oxigénio aumenta, limpando o monóxido de carbono do corpo e melhorando o teu rendimento físico.
• Dois dias depois, começas a recuperar o olfacto e o paladar, respiras melhor e tens uma sensação de euforia.
• Seis dias depois, começas a tossir e a expelir o catarro que está acumulado nos teus pulmões. Podes passar até três meses a recuperar o teu sistema respiratório.
• Duas semanas depois, a pele começa a oxigenar-se e o rosto recupera o tom natural e luminoso. E tu começas a notar uma melhoria no teu estado físico e consegues treinar com mais facilidade.
• Dois meses depois, o teu nível de energia aumenta, o sangue oxigena melhor as células e sentes-te bem. Agora, estás realmente a deixar de fumar.
• Três meses depois, os teus pulmões estão limpos e descongestionados.
• Doze meses depois, tens metade da probabilidade de sofrer uma morte súbita por algum problema cardíaco.
• Três anos depois, diminui a tua chance de ter algum Cancro relacionado com o tabaco.
• Cinco anos depois, o risco de morrer por um ataque cardíaco é igual ao de uma pessoa que nunca fumou.

Nove dicas para deixar o cigarro

Terceira parte

Converte o fumo em exercício: Queres uma dica para largares o vício? Pratica algum desporto! Com o exercício vais balancear os efeitos nocivos dos anos que passaste a fumar e também evitarás que os sintomas da abstinência – que é provocada pelo abandono do cigarro - apareçam. Em poucos meses, notarás que os teus pulmões estão a trabalhar mais e que a tua apresentação física melhora cada dia.
Parar de fumar acelera o metabolismo do corpo, por isso qualquer descuido na alimentação pode gerar alguns quilos indesejáveis. Se fizeres entre 45 e 60 minutos de exercícios, 5 dias por semana, evitará este efeito metabólico e serás capaz de manter o teu peso, e até mesmo emagrecer!
Não há desportos ideais indicados para quem quer deixar de fumar. O segredo está em combinar vários tipos.
Os exercícios aeróbios, como corrida, natação e bicicleta, são mais úteis para manter e perder peso, além de melhorar o estado dos teus pulmões.

Pratica exercícios diariamente: O desporto provoca mudanças bioquímicas no teu corpo e na tua mente. Algumas dessas mudanças são parecidas com as que produzem a nicotina. Ao praticar desporto, reduz-se a tensão, aumenta o grau de alerta mental e liberta-se endorfina, responsável pelas sensações de bem-estar e prazer. Depois de uma hora a praticar o teu desporto favorito, tu não precisarás de tragar mais  o teu cigarro porque te sentirás melhor e esta sensação reduzirá os sintomas de abstinência por nicotina.

Abandona o carro: Quando te decides a usar mais o transporte público, ou a caminhar mais, tu diminuis a tentação do cigarro. Além disso, andar rapidamente o ajudará a queimar mais calorias e a recolocar o teu metabolismo em marcha.

Evita cair em tentações: Tem sempre à mão fruta, cereais integrais ou iogurtes desnatados para beliscar. Evita os aperitivos ricos em calorias e gorduras, como batatas fritas, barras de chocolate e doces.

Abandona o café: O café e o tabaco estão intimamente relacionados no nosso cérebro porque cada vez que um fumador toma um café, nota que falta o fumo do cigarro. Tenta trocar o café por chá e infusões de laranja.

Aprende técnicas de relaxamento: Recorre à respiração consciente cada vez que sentires ansiedade ou nervosismo provocados pela síndrome da abstinência.

Dorme pelo menos oito horas: Tu precisas de toda a tua energia para parar de fumar e, se não descansares, será difícil encontrares a força de vontade que te levará ao teu objectivo.

Comunica: É mais fácil conseguires deixar de fumar se a tua família, os teus amigos e companheiros te apoiam e querem ajudar-te a conseguir isto.

Não te preocupes por ganhares peso ao deixar de fumar: Pensa que poderás perdê-lo mais facilmente se praticares algum desporto enquanto a tua vida como ex-fumante se for normalizando.

Regressar