Ave Maria Imaculada... Rezai o Terço todos os dias... Mãe da Eucaristia, rogai por nós... Rainha da JAM, rogai por nós... Vinde, Espirito Santo... Jesus, Maria, eu amo-Vos, salvai almas!

Mais saúde

ALOPECIA

      
 

O QUE É ALOPECIA? Ela é uma afecção crónica dos folículos pilosos e das unhas, de etiologia desconhecida, provavelmente multifatorial com evidentes componentes auto-imunes e genéticos. Determina a queda do cabelo e/ou pêlos, por interrupção da sua síntese, sem que ocorra destruição ou atrofia dos folículos, motivo pelo qual pode ser reversível.

Existem vários tipos de alopecia, que podem levar a uma leve queda do cabelo até mesmo a deixar a pessoa careca. É uma doença que atinge tanto homens como mulheres.

O que causa alopecia? Entre as possíveis causas, estão uma predisposição genética que seria estimulada por factores desencadeantes, como o stress emocional e fenómenos auto-imunes. Em 20% a 30% dos casos a alopecia está associada com outras enfermidades de natureza imunológica: tireoidites, diabetes, lúpus, etc. Rinites e outras condições alérgicas são encontradas em mais de 40% dos pacientes.

Tem Tratamento? São vários os tratamentos utilizados na alopecia areata e a característica clínica de cada caso é que determinará qual deles deve ser utilizado. As medicações utilizadas podem ser de uso local ou sistémico e a duração do tratamento vai depender da resposta de cada paciente. O diagnóstico e o tratamento da alopecia areata deve ser feito por um médico dermatologista.

NUTRIÇÃO X ALOPÉCIA

Em 1° lugar, é importante que se mantenha uma alimentação equilibrada, variada, diversificada e bem colorida sempre. Uma alimentação saudável e que fornece todos os nutrientes que o corpo precisa de ajudar a equilibrar o funcionamento do organismo como um todo, além de o proteger de doenças, entre elas a alopecia.

- Evite frituras;

- Deficiência de ferro pode contribuir para a alopecia;

- Gengibre tem óptimo poder anti-inflamatório;

- Cuidado com o chá verde - Ele atrapalha a absorção do ferro no organismo. Portanto, não deve ser consumido próximo e nem durante as principais refeições!

 

Lavagem dos Cabelos:

- Evitar lavar os cabelos com água quente, o ideal é que a água esteja na temperatura ambiente;

- Utilize um champô adequado para o seu tipo de cabelo (oleoso, normal, seco ou misto);

- Não utilizar grande quantidade de champô, apenas o equivalente a uma moeda grande na palma da mão é o suficiente;

- Massajar o couro cabeludo com a ponta dos dedos, nunca com as unhas;

- Enxaguar bem os cabelos, retirando todo o resíduo de champô e condicionador.

 

 


Regressar