Ave Maria Imaculada... Rezai o Terço todos os dias... Mãe da Eucaristia, rogai por nós...Rainha da JAM, rogai por nós... Vinde, Espirito Santo... Jesus, Maria, eu amo-Vos, salvai almas!

Espiritualidade

O DOM DO ENTENDIMENTO OU DA INTELIGÊNCIA

O Espírito Santo é generoso. Não reserva o dom do entendimento ou da inteligência apenas para momentos tão dramáticos como a ressurreição de Jesus. Na vida da Igreja, Deus concede este dom àqueles que o procuram, que desejam, como consequência da sua própria fé, conhecer mais e melhor a verdade revelada por Deus, como nos ensina São João Paulo II. Podemos receber este dom enquanto meditamos piedosamente as Sagradas Escrituras, ao ouvir uma homilia, ao adorar Jesus Eucarístico, enquanto rezamos. Os frutos do dom do entendimento são as intuições das verdades de fé, uma compreensão sobrenatural sobre algo que parecíamos já saber, e que nos leva a exclamar: “Antes eu sabia. Agora eu SEI!”

São João Paulo II ensina que esta inteligência sobrenatural é concedida a indivíduos, à comunidade, aos pastores e aos fiéis de modo geral, que possuem o sensus fidei, que os guia nas suas escolhas e decisões. É preciso entender que não importa o esforço intelectual que façamos, pois nós somos incapazes de fabricar este dom sobrenatural. Como o próprio nome diz, é um dom, uma graça, e nasce do amor. Quanto mais eu amo a Deus, mais os meus olhos se abrem para o conhecimento dos Seus mistérios, pois não cesso de meditar, reflectir, pensar sobre Deus e o Seu Reino.

O entendimento é o maior dos dons do Espírito Santo, “é para o coração e para a inteligência tão importante como o alimento o é para o corpo”.

Peçamos a Deus esta graça, este dom, para penetrarmos nos Seus mistérios, conhecermos melhor a Sua Vontade e crescermos no amor e na fé.

Regressar