Ave Maria Imaculada... Rezai o Terço todos os dias... Mãe da Eucaristia, rogai por nós...Rainha da JAM, rogai por nós... Vinde, Espirito Santo... Jesus, Maria, eu amo-Vos, salvai almas!

Alguns Santos

Santo Estêvão

Santo Estêvão é o primeiro de todos os mártires e o seu testemunho poderoso tem valor de exemplo na Igreja.

Era sem dúvida um judeu de língua grega, e nos Actos dos Apóstolos, capítulos 6 e 7, lemos que era tido como "homem cheio de fé e do Espírito Santo". "Naqueles dias o número de discípulos aumentara muito; o cuidado com as viúvas e a administração dos bens da primeira comunidade cristã não eram feitos correctamente. "Os apóstolos convocaram a multidão dos discípulos e disseram: não é conveniente que abandonemos a Palavra de Deus para servir às mesas. Procurai antes entre vós, irmãos, sete homens de boa reputação, repletos do Espírito e de Sabedoria, e nós os encarregaremos desta tarefa. Quanto a nós, permaneceremos assíduos à oração e ao Ministério da Palavra. A proposta agradou toda a multidão" (Act 6,1-5). Estêvão foi um dos sete escolhidos. "Operava prodígios e grandes sinais entre o povo".

Anunciou a Boa Nova com tanta coragem e sabedoria que alguns da Sinagoga chamada dos Libertos e outros, subornaram testemunhas para dizerem diante do Sinédrio que "o ouviram pronunciar palavras blasfemas contra Moisés e contra Deus".
Já perante o Sinédrio, "todos os seus membros com os olhos fixos nele, tiveram a impressão de ver no seu rosto, o rosto de um anjo". Falou longamente, fazendo uma síntese da história de Israel. Terminou chamando aos seus ouvintes "homens de dura cerviz, incircuncisos de coração e de ouvidos que resistiam ao Espírito Santo".

Olhando para o alto, disse a certo momento: "Olhem! Eu vejo os céus abertos, e o Filho do Homem, de pé, à direita de Deus". Eles, porém, dando grandes gritos, taparam os ouvidos e precipitaram-se de uma só vez sobre ele. E arrastando-o para fora da cidade, começaram a apedrejá-lo. As testemunhas depuseram os seus mantos aos pés de um jovem chamado Saulo (que seria o futuro apóstolo Paulo).... Naquele dia, desencadeou-se uma grande perseguição contra a Igreja que estava em Jerusalém. Todos, com excepção dos apóstolos, dispersaram-se. Entretanto, alguns homens piedosos sepultaram Estêvão.

Com Santo Estêvão começa a "imitação de Cristo". Jesus disse no Calvário: "Pai, perdoai-lhes, porque não sabem o que fazem". Santo Estêvão repete: "Senhor, não lhes leveis em conta este pecado". Jesus disse: "Em tuas mãos entrego o meu espírito". O Espírito Santo fez-lhe compreender que a morte pode falar mais alto do que a vida e que morrendo por fidelidade ao Senhor, se tornava ele mesmo "uma palavra de Deus" (Santo Inácio de Antioquia). Santo Estêvão é o santo do perdão e do amor aos inimigos.

Em 415 a descoberta das suas relíquias suscitou grande emoção na cristandade.

A festa do primeiro mártir foi sempre celebrada imediatamente após a festividade do Natal.

Regressar