Ave Maria Imaculada... Rezai o Terço todos os dias... Mãe da Eucaristia, rogai por nós...Rainha da JAM, rogai por nós... Vinde, Espirito Santo... Jesus, Maria, eu amo-Vos, salvai almas!

A Família

50 Prendas dos pais para os filhos

50 PRENDAS QUE OS PAIS PODEM OFERECER AOS FILHOS

1. Abracem-se e jurem mutuamente amor eterno à vista deles.
2. Sejam sempre fiéis às promessas e não mintam por nada deste mundo.
3. Não restrinjam demasiado as ternuras dos avós.
4. O vosso comportamento com os outros seja o que vocês recomendam aos filhos.
5. Preparem respostas adequadas à pergunta: «Como é que nascem os bebés?».
6. Lembrem-se de que as crianças e os jovens são mais inclinados a fazer o que vêem fazer do que aquilo que se lhes recomenda. O exemplo é tudo.
7. Habituem-nos a boas leituras.
8. Habituem-nos a concluir os trabalhos começados. Façam-lhes ver que os grandes resultados são fruto de trabalho aturado e persistente.
9. Façam com que eles ouçam as coisas boas que vocês costumam dizer deles aos vossos amigos.
10. Contem-lhes a vossa vida sobretudo a correspondente à idade que eles têm agora.
11. Ajudem-nos a inserir-se num grupo, numa equipa, numa banda ou conjunto musical.
12. Mostrem-se firmes no que respeita aos valores e princípios pessoais: estes representarão para eles pontos de referência.
13. Leiam-lhes em voz alta algumas páginas dos vossos livros preferidos.
14. É bom não impedir que sofram as consequências dos seus actos. Não é saudável que tenham sempre alguém a protegê-los.
15. É um bom método pedir-lhes que contem à noite como decorreu o dia.
16. Antes de castigá-los importa que eles compreendam bem os seguintes porquês: porque é proibido; porque o mal tem de ser remediado; porque se impõe uma disciplina.
17. Cumpre dar-lhes a certeza de que os pais estão sempre a seu lado, aconteça o que acontecer.
18. Componham juntos uma canção descabelada e ponham-se a cantá-la a plenos pulmões.
19. Dêem-lhes a possibilidade de conservar fechada a porta do quarto.
20. Levem-nos a reconhecer os erros sem lançar as culpas aos outros e a aceitar as derrotas sem azedume.
21. Considerem sagrado o beijo da boa-noite mesmo que já estejam a cair de sono (ou já tenham mais de trinta anos).
22. Não deixem para amanhã o que desejariam fazer-lhes hoje: o amanhã virá mesmo?
23. Façam-lhes sentir que os amam e digam-lho uma e muitas vezes.
24. Não permitam que eles digam palavrões na vossa presença.
25. Respondam sempre às suas perguntas: de contrário, eles deixarão de fazê-las.
26. Não vão para a cama com algum conflito em aberto.
27. Façam por estar em forma cuidando da vossa saúde pois eles necessitam da vossa ajuda.
28. Não digam nunca: «Viste? Eu tinha razão!». É coisa que eles não suportam.
29. É bom ensiná-los a nadar, cozinhar, passar a ferro, manejar a agulha e dançar.
30. Inventem ritos familiares. À mesa tenha cada um o seu lugar.
31. Importa ensiná-los a distinguir o bem do mal, exemplificando com a1guns factos.
32. Não minimizem nunca os seus medos, ânsias, dúvidas ou preocupações.
33. Ensinem-1hes a descobrir a estrela polar e a indicar os quatros pontos cardeais.
34. Não 1hes faltem com a revista ou jornal que eles gostam de ler.
35. Façam-lhes ouvir com frequência frases como estas: «és para mim motivo de orgulho»; «espero muito de ti».
36. Amem-nos tal como são: esta é a mais bela prenda que 1hes podem oferecer.
37. Não se cansem de dizer: «porque eu sou o teu pai/a tua mãe; eu é que tenho de responder por ti. Ponto final». Trata-se de um motivo mais que suficiente.
38. Mostrem-lhes como devem comportar-se em casos de incêndio, perigo, terramoto, etc.
39. Procurem convencê-los a não desistir de um jogo em curso.
40. De vez em quando metam-lhes qualquer surpresa na mochila.
41. Habituem-nos ao asseio e à ordem, começando por 1hes dar o exemplo.
42. Habituem-nos a pedir desculpa e a perdoar.
43. Tenham sempre presente que o autodomínio dos pais induz o autodomínio dos filhos.
44. Convidem-nos a ir ao cinema. Convidá-los em separado dá-lhes importância.
35. Façam com que sejam outros a desvendar o mistério do Menino Jesus.
46. Não estabeleçam comparações entre eles e estranhos.
47. Respeitem os segredos de cada um deles.
48. Não tenham a pretensão de passar a seus o1hos por pessoas importantes ou infaliveis.
49. Procurem ser os pais que desejariam ter tido.
50. Digam com eles alguma oração todas as noites.

Regressar