Ave Maria Imaculada... Rezai o Terço todos os dias... Mãe da Eucaristia, rogai por nós...Rainha da JAM, rogai por nós... Vinde, Espirito Santo... Jesus, Maria, eu amo-Vos, salvai almas!

Curiosidades

Via Sacra com São Paulo

Oração inicial

Glorioso São Paulo, Apóstolo cheio de zelo, mártir por amor a Cristo, dai-nos uma fé profunda, uma esperança sem queda, um amor ardente pelo Senhor para que possamos dizer convosco:
«Já não sou eu quem vive, mas é Cristo quem vive em mim».
Ajudai-nos a nos convertermos em apóstolos que servem a Igreja com uma consciência pura, testemunhas da sua verdade e da sua beleza em meio à escuridão do nosso tempo.
Convosco louvamos a Deus, nosso Pai. «A ele a glória, na Igreja e em Cristo pelos séculos dos séculos». Amén

1ª Estação: Jesus é condenado à morte

Leitor 1 - Pilatos, vendo que nada conseguia e que o tumulto aumentava cada vez mais, mandou vir água e lavou as mãos na presença da multidão, dizendo: “Estou inocente deste sangue” (Mt 27,24).
Leitor 2 - A cobardia de Pilatos continua no medo de cada um de nós, quando não assumimos os riscos do anúncio da Palavra; quando nos calamos diante de situações de injustiça e de opressão que sofrem os nossos irmãos.
Leitor 3 - São Paulo, Apóstolo de Jesus Cristo, aponta-nos a ousadia de anunciar o Evangelho: “Proclama a Palavra, insiste em tempo propício e fora dele, convence, repreende, exorta com toda a compreensão e competência”.

Oração: Ó são Paulo, suscitai vocações, confortai os que anunciam o Evangelho, preparai os homens para que acolham o Cristo, Divino Mestre.

2ª Estação: Jesus carrega a sua cruz

Leitor 1 - Jesus, levando a cruz às costas, saiu para o chamado Lugar da Caveira, que em hebraico se diz Gólgota (Jo 9,16)
Leitor 2 - Jesus toma a cruz aos ombros para a levar ao Calvário. A cruz não é dele, é nossa, causada pelos nossos pecados, mas, é Ele que por amor e compromisso com a humanidade a carrega.
Leitor 3 - São Paulo, Apóstolo escolhido para anunciar o Evangelho de Deus, ensina-nos que a cruz significa renúncia a toda a força humana na missão, para contar-se somente com a força de Deus.

Oração: São Paulo, intercedei por nós ao Senhor, para que nos conceda um coração aberto à graça e à total configuração do nosso ser com Jesus Cristo

3ª Estação: Jesus cai pela primeira vez

Leitor 1 - Jesus respondeu-lhes: “Chegou a hora de se revelar a glória do Filho do Homem. Em verdade vos digo: se o grão de trigo, lançado à terra, não morrer, fica ele só; mas, se morrer, dá muito fruto.
Leitor 2 - Jesus fatigado, oprimido, esgotado e quase sem forças, cai por terra. As suas quedas ao longo do caminho do Calvário continuam hoje, onde quer que homens e mulheres caiam vencidos pela fome, pela guerra, pela ignorância, pelo vício e pela falta de fé.
Leitor 3 - São Paulo, chamado por vontade de Deus a ser Apóstolo, lembra-nos a “generosidade de Nosso Senhor Jesus Cristo que por causa de nós se fez pobre, embora fosse rico, para nos enriquecer com a sua pobreza”.

Oração: São Paulo, que a tua entrega à Missão, nos ajude a sentir com a Igreja, as necessidades dos nossos irmãos e partilhar com eles os nossos bens.

4ª Estação: Jesus encontra a Sua Mãe

Leitor 1 - Simeão abençoou-os e disse a Maria, sua mãe:
“Este menino está aqui para queda e ressurgimento de muitos em Israel e para ser sinal de contradição. Uma espada trespassará a tua alma”.
Leitor 2 - A profecia está a cumprir-se, Maria sofre a dor aguda do sofrimento no seu coração de Mãe ao ver o Seu filho ser escarnecido. E Jesus sofre por vê-la mergulhada em dor por causa d’Ele.
Leitor 3 - São Paulo, Apóstolo de Jesus Cristo por vontade de Deus, mostra-nos o papel de Maria no plano de Salvação: “Ao chegar a plenitude do tempo, Deus enviou o Seu Filho, nascido de mulher, para resgatar os que se encontravam sob o domínio da Lei. (Gal 4,4).

Oração: Mãe das dores, Mãe de Jesus crucificado, busca nos caminhos da vida todos os filhos perdidos, sem Deus, sem pão, sem amor e entrega-os ao coração de Teu Filho.

5ª Estação: Simão de Cirene carrega a cruz de Jesus

Leitor 1 - Quando o iam conduzindo, lançaram mão de um certo Simão de Cirene, que voltava do campo, e carregaram-no com a cruz atrás de Jesus.
Leitor 2 - A ajuda de Simão foi conforto para Jesus. Há muitos homens e mulheres que têm uma cruz muito dura, muito pesada: são os condenados a trabalhos forçados, são os imigrantes, são os seres humanos traficados. Precisamos de ser cireneus com todos os que sofrem.
Leitor 3 - São Paulo, Apóstolo não por vontade dos homens, mas por meio de Jesus Cristo, compreendeu bem que somente em Cristo a humanidade pode encontrar a redenção e a esperança.

Oração:
São Paulo, ajuda-nos a encontrar e reconhecer sempre a Cristo, como o Caminho, a Verdade e a Vida.

6ª Estação: Verónica enxuga o rosto de Jesus

Leitor 1 - Desde a planta dos pés até ao alto da cabeça, não há nada de são em vós. Tudo são feridas, contusões, chagas vivas, que não foram curadas nem ligadas, nem suavizadas com azeite. Is 1,6
Leitor 2 - O gesto da Verónica embora simples, foi rico e corajoso, sem medo ou respeito humano. Esta mulher é símbolo do amor e amizade por Jesus. Jesus leva a sério o gesto de Verónica, acolhe a sua delicadeza e recompensa-a.
Leitor 3 - São Paulo, Servo de Cristo Jesus, incutia aos fiéis atenção às dores, aos sofrimentos e angústias dos homens, por isso, dizia: “Visto que tudo tendes em abundância, procurai também sobressair nesta obra de caridade” (2 Cor 8,7).

Oração: São Paulo, suscitai em nós o espírito de caridade e que se propague no mundo o amor verdadeiro.

7ª Estação: Jesus cai pela segunda vez

Leitor 1
- Todos os que me vêem escarnecem de mim; estendem os lábios e abanam a cabeça. Confiou no Senhor, Ele que o livre; Ele que o salve, já que é seu amigo. (Si 22,8)
Leitores 2 - Pela segunda vez lhe faltam as forças e Jesus cai sob o peso da cruz. O mal esmaga, o pecado é cruel. Jesus cai para nos dar força de lutar contra o pecado. Há homens e mulheres caídos pelas nossas estradas. Que vamos fazer por eles?
Leitor 3 - São Paulo, Apóstolo por mandato de Deus, nosso Salvador, testemunha-nos o amor de Cristo por nós, pela Igreja:
“Cristo amou a Igreja e se entregou por ela, para a santificar, purificando-a”. (Ef 5,25)

Oração: São Paulo, intercedei por nós ao Senhor, para que possamos conhecer, amar e servir a Jesus, com todo o nosso ser, consagrando todas as nossas energias para a sua glória e o anúncio do Evangelho.

8ª Estação: Jesus encontra-se com as mulheres de Jerusalém

Leitor 1 - Seguiam Jesus uma grande multidão de povo e umas mulheres que batiam no peito e se lamentavam por Ele. Jesus voltou-se para elas e disse-lhes: “Filhas de Jerusalém, não choreis por mim, chorai antes por vós mesmas e por vossos filhos”. (Lc 23,27)
Leitor 2 - Com muita facilidade lastimamos os males à nossa volta, culpando os demais e até o próprio Deus, sem nos comprometermos verdadeiramente com a mudança das situações e com a transformação das “lágrimas” em acção, em ajuda concreta.
Leitor 3 - São Paulo, Apóstolo de Jesus Cristo, por desígnio de Deus, nutria a consciência de ter sido enviado a transformar este mundo, renovando-o com o fermento do Evangelho.

Oração: São Paulo, ajudai-nos a buscar o Reino de Deus e trabalhar em sua realização, para que a luz de Cristo resplandeça diante do mundo.

9ª Estação: Jesus cai pela terceira vez

Leitor 1 - Aquele que conservar a vida para si, há-de perdê-la aquele que perder a sua vida por causa de mim, há-de salvá-la (Mt 10,39)
Leitora 2 - A caminhada é dolorosa. A cruz é muito pesada e leva Jesus ao chão mais uma vez. Perseverar, ser fiel até à morte, é o caminho que Jesus nos indica.
Leitor 3 - São Paulo, prisioneiro por causa de Cristo Jesus, tornou-se “embaixador prisioneiro” por causa de anunciar o Evangelho, tendo sofrido muitas hostilidades até à morte.

Oração: Invoquemos São Paulo para que nos comunique um zelo sempre mais santo, isto é, sobrenatural, prudente, sábio e forte.

10ª Estação: Jesus é despojado das suas vestes

Leitor 1 - Queriam dar-lhe vinho misturado com mirra, mas Ele não quis beber. Depois crucificaram-no e repartiram entre si as suas vestes, tirando-as à sorte, para ver o que cabia a cada um.
Leitor 2 - Pobre e simples, sem nada, despido de tudo, Jesus nesta atitude sublime de renúncia convida-nos à pobreza e ao despojamento.
Leitor 3 - São Paulo, Servo de Deus e Apóstolo de Jesus Cristo, anuncia a pobreza de Cristo que “sendo rico, se fez pobre por vós, para vos enriquecer com a sua pobreza”. (2 Cor 8,9)

Oração:
São Paulo, ajudai-nos a fazer crescer a justiça no mundo para que diminua a fome e a miséria dos nossos irmãos.

11ª Estação: Jesus é pregado na cruz


Leitor 1
- Quando chegaram ao lugar chamado Calvário, crucificaram-no a Ele e aos malfeitores um à direita e outro à esquerda.
Leitor 2 - Pregado na cruz, Jesus inaugura um novo modo de ser livre: deixar-se morrer por amor. A liberdade para Jesus é renúncia, é pobreza, perdão, amar até dar a vida.
Leitor 3 - São Paulo, pregador e Apóstolo, designado doutor das nações, anuncia a verdadeira liberdade dos filhos de Deus, da qual toda a humanidade e a criação inteira têm necessidade e esperam ansiosamente.

Oração: São Paulo, intercedei por nós ao Senhor, para que me conceda um coração aberto à graça, a libertação do nosso egoísmo para que renasça em nós um homem novo.

12ª Estação: Jesus morre na cruz

Leitor 1 - Jesus, dando um forte grito, exclamou: “Pai nas tuas mãos entrego o meu espírito”. (Lc 23,46)
Leitor 2 - O amor, doação total de Si mesmo até à morte, eis a graça da salvação oferecida por Cristo aos homens. Agora a humanidade já pode viver em comunhão com Deus e com todo o universo.
Leitor 3 - São Paulo, escolhido para o Evangelho de Deus, aderindo a Jesus Cristo, fê-lo duma maneira radical e diz: “O que para mim era lucro, considerei-o como perda por amor de Cristo”. (Fi 3,7)

Oração: São Paulo, intercedei por nós, para buscarmos sempre, na vivência na Fé, a configuração com Cristo Jesus.

13ª Estação: Jesus é descido da cruz e colocado nos braços de Sua Mãe

Leitor 1
- Depois disto, José de Arimateia, que era discípulo de Jesus, mas secretamente por medo das autoridades judaicas, pediu a Pilatos que lhe deixassem levar o corpo de Jesus.
Leitor 2 - Descido da Cruz, Cristo é colocado no colo de Sua Mãe. Jesus novamente ao colo de Maria, com que amor ela contempla o seu rosto, contempla o resultado do amor pelos homens, mas não se revolta, sofre e ama, reza e oferece tudo em silêncio.
Leitor 3 - São Paulo, o Apóstolo das nações, contempla a morte de Jesus como vitória para todos os homens: “Pela graça de Deus, Jesus provou a morte em favor de todos os homens”.

Oração:
São Paulo, Apóstolo de Jesus crucificado, busca nos caminhos da vida todos os filhos perdidos e condu-los a Jesus.

14ª Estação: Jesus é colocado no sepulcro e Ressuscita


Leitor 1 - No sítio em que Ele tinha sido crucificado havia um horto e, no horto, um túmulo novo, onde ainda ninguém tinha sido sepultado. Foi ali que puseram Jesus. (Jo 19,41)
Leitor 2 - Tudo parece terminado, a morte parece o maior fracasso, reina o silêncio. Mas, quem morre de amor e por amor não pode terminar assim. Todas as mortes e todas as vidas têm doravante um sentido novo, pelo poder de Jesus.
Leitor 3 - São Paulo, prisioneiro de Cristo em favor dos pagãos, foi fiel testemunha da Ressurreição de Jesus como começo de vida nova e certeza da vitória.

Oração: São Paulo, Iluminai a nossa inteligência para levarmos o anúncio da Ressurreição a todos e dai-nos coragem, para a renovada consciência da urgente necessidade de anunciar o Evangelho.
 
 
 
 
 

Regressar