Ave Maria Imaculada... Rezai o Terço todos os dias... Mãe da Eucaristia, rogai por nós...Rainha da JAM, rogai por nós... Vinde, Espirito Santo... Jesus, Maria, eu amo-Vos, salvai almas!

Quaresma-Páscoa

QUARESMA: Concentre-se na sua conversão

 

QUARESMA:Concentre-se na sua conversão! 

 

Estrámos no tempo da Quaresma, e nada melhor do que este tempo para nos ajudar no nosso caminho de conversão pessoal para Deus.

O tempo da Quaresma é sempre marcado como um tempo forte para a meditação da Palavra de Deus, Oração e Jejum. É o tempo em que a Igreja reforça a necessidade de uma renovação espiritual em cada um de nós!

O belo deste tempo, é que também o Senhor faz com que por meio de todas estas práticas de oração e penitência, aconteça em nós um desvincular-se do pecado e do Mal. Com isto enchemo-nos de Deus e esvaziamo-nos de nós mesmos e quebramos muitas vezes o círculo vicioso que o pecado criou dentro de nós, dentro dos nossos corações…

Na Quarta Feira de Cinzas, a Igreja rezou assim: “Concedei-nos ó Deus todo poderoso, iniciar com este dia de jejum o tempo da Quaresma para que a penitência nos fortaleça contra o espírito do Mal.”

O caminho da Quaresma torna-se também um caminho de combate espiritual, de luta contra a tentação e contra o tentador; e impulsiona-nos a sermos cada vez mais livres de todo o Mal!

Não percamos tempo, mas entremos a sério neste tempo de conversão pessoal e de preparação para a Páscoa do Senhor.

Algumas dicas para que possamos viver bem este tempo:

– Façamos uma boa revisão de vida: rever como têm sido os nossos passos, rever o que temos escolhido no nosso caminho, reflectirmos sobre que brechas temos permitido que a tentação se instale no nosso interior: pelo orgulho, pela soberba, vaidade, arrogância, mentira, pornografia, ira, preguiça… Não tenhamos medo de nos pormos frente à nossa verdade, e a partir desta verdade encontrada termos o propósito de mudar de atitude pela graça do Senhor, mas também pelo nosso esforço pessoal!

– Façamos uma boa confissão: A confissão é o meio mais eficaz para nos livrarmos de todo o pecado. “A confissão é mais eficaz do que qualquer exorcismo.”, dizia um padre exorcista. Precisamos de nos confessar! Uma revisão séria da vida!

– Como tradição, a Igreja convida ao sacrifício e à penitência: podemos fazer a escolha de viver também com a prática de alguma penitência ou mortificação neste tempo. Penitência que nos ajudará a desvincular-nos dos apetites da nossa carne. Esta mortificação e penitência pode ser: Abster-se de carne, de doces em geral, de chocolate, deixar a bebida, o cigarro, deixar de ver novelas, abster-se de alguns passeios, de refrigerantes; de hábitos que temos e que nos fazem constantemente cair no pecado, enfim, o que o Senhor inspirar ao coração, mas tudo isto com a intenção de fortalecer o espirito e vencer as fraquezas da carne.

– Práticas que nos ajudarão a viver este tempo: A Via Sacra rezada e meditada; Oração e Meditação da Palavra de Deus, o Silêncio como meio de encontro com Deus; a Esmola; o Jejum às Sextas Feiras…

– Sempre que possível a Santa Missa, ao menos no Domingo temos como cristãos a obrigação.

Que o Senhor nos ilumine neste tempo Sagrado e nos faça viver intensamente este tempo.

“A graça de Deus opera se o homem coopera…”, façamos então a nossa parte e creiamos que Deus é sempre Fiel e fará o que Lhe cabe.

Não esqueçamos: A Quaresma é um tempo de nos concentrarmos na nossa conversão!

Regressar