Ave Maria Imaculada... Rezai o Terço todos os dias... Mãe da Eucaristia, rogai por nós...Rainha da JAM, rogai por nós... Vinde, Espirito Santo... Jesus, Maria, eu amo-Vos, salvai almas!

Página Mariana

Oração e devoção a Nossa Senhora da Estrada

Levando o seu filho nos braços, Maria conheceu bem os perigos das estradas

E não é de hoje que caminheiros, motoristas, viajantes e aqueles que usam a estrada por qualquer motivo recorrem à protecção de Nossa Senhora. Ela vivenciou os perigos das estradas, levando o seu filho Jesus, nos braços, ao lado do bom José.

No tempo de Maria, viajar era uma arriscada aventura. Imagine a dificuldade para atravessar um deserto, uma mata fechada, rios e pântanos!  Sem contar com o perigo iminente de animais selvagens…

A tradição mais antiga da invocação a Nossa Senhora da Estrada (ou Nossa Senhora dos Caminhos) teve início no começo século XIII, na Itália. Nessa época um desconhecido colocou um quadro com a imagem de Maria e o menino Jesus, de autoria anónima, numa velha capelinha à beira da estrada, logo na saída de um dos caminhos que ligavam Roma ao interior.

Surpresos, os viajantes começaram a parar diante da capelinha para rezar a Deus pedindo a Sua protecção com a ajuda da Virgem Maria. A divulgação do culto correu rápida alcançando toda a cristandade, do Ocidente e do Oriente. Muitas igrejas foram erigidas e colocadas sob a invocação de Nossa Senhora da Estrada. A mais antiga era aquela capelinha, mas foi derrubada, reconstruída e dedicada à Santa Maria da Estrada, onde o quadro original permaneceu para a veneração dos fiéis.

Mais tarde, tornou-se uma igreja importante para os jesuítas, porque foi a primeira a lhes ser confiada pelo Papa Paulo III, em 1541. Três anos depois, anexa a ela construiu-se a casa da Companhia de Jesus, ou ‘casa de La Strada’.

De novo, em 1602, a igreja foi demolida, desta vez com parte da casa anexa, para dar lugar à igreja titular da Companhia de Jesus. Entretanto, dentro do novo templo, chamado igreja ‘del Gesú’ construíram uma pequena réplica da capelinha para abrigar o quadro original da imagem de Nossa Senhora da Estrada. Em algumas localidades esta imagem é venerada com o nome de Nossa Senhora dos Viajantes. O dia da sua festa é 24 de Maio.

Oração

Uma das mais belas orações, dedicada a Nossa Senhora da Estrada foi escrita pelo Papa Pio XII, em 1957, e é esta:

“Ó doce Maria, Nossa Mãe Celeste, sê guia dos nossos passos nas Estradas muitas vezes pedregosas da nossa vida, e quando esta chegar ao seu fim, sê para nós porta do céu e mostra-nos o fruto Bendito do Teu Ventre, Jesus. Amém.”

Regressar