Ave Maria Imaculada... Rezai o Terço todos os dias... Mãe da Eucaristia, rogai por nós...Rainha da JAM, rogai por nós... Vinde, Espirito Santo... Jesus, Maria, eu amo-Vos, salvai almas!

Curiosidades

Qual a melhor forma de falar com Deus?

 Algumas pessoas perguntam: como posso falar com Deus? Há uma fórmula? Um rito? Palavras mágicas?

Respondo-te com uma pergunta: “Tu tens amigos? Como te relaciona com os teus amigos?”

Com um amigo não temos filtros, somos quem somos, por isso, a Sagrada Escritura diz: “Quem encontrou um amigo, encontrou um tesouro” (Eclo 6,14).

No livro de Eclesiástico, encontramos ainda a comparação do verdadeiro amigo com um remédio para a alma (Eclo 6,17).

Deus é o nosso grande Amigo

Se, no meio a nós, pessoas ‘limitadas’ com as quais nos deparamos todos os dias, com virtudes e pecados, a amizade verdadeira serve de bálsamo para alma, imagina quando nos deparamos com o Amigo dos amigos, o Deus misericordioso, Aquele que nos ama antes de tudo e acima de todas as coisas.

O relacionamento de intimidade com Deus passa, antes de tudo, pela experiência da liberdade no dar-se inteiramente Àquele que é o exemplo de entrega total, pois, antes mesmo de me dirigir a Ele, já me aguarda de braços abertos como um Pai amoroso que conta as horas para me encontrar.

A escola da oração e os seus desafios

A oração é este local de diálogo, entrega, cultivo, intimidade com Deus.

Para os santos, a oração era algo que ia muito além de métodos e palavras, sendo pronunciadas em direcção a Deus, entre eles. Santa Terezinha definia a experiência da oração: “Para mim, a oração é um impulso do coração, é um simples olhar lançado para o céu, é um grito de gratidão e de amor, tanto no meio da tribulação como no meio da alegria”.

São João Paulo II, na celebração com que deu início ao seu pontificado, disse, na praça de São Pedro, em Roma, dirigindo-se a todo o mundo: “Não, não tenhais medo! Antes, procurai abrir, melhor, escancarai as portas a Cristo!”

Muitas pessoas dizem ter medo de falar com Deus ou dizem: Deus não escuta o que eu digo.

Diante das tantas barreiras e dificuldades que encontras hoje para iniciar uma vida de amizade e oração com Deus, convido-te a dar alguns passos nesta escola, que se chama: vida de oração.

Pode ser no teu quarto, na Igreja ou numa viagem. Para falar com Deus, basta que o teu coração deseje, acima de tudo, encontrar-se com Ele, alimentar e cultivar uma amizade com este Amigo que está a todo instante disponível para ti.

Como falar com Deus?

Há várias fórmulas que te podem ajudar a orar, principalmente tu, que já meteste na cabeça que não sabes rezar, partilho uma dica que te pode ajudar muito: “reza com os Salmos”.

Abre a tua Bíblia, por exemplo, no Salmo 1, e lendo o que lá está escrito, coloca-te no lugar do salmista, como que falando directamente a Deus.

Depois de ler algumas vezes, fica algum tempo em silêncio; e colhe o que Deus pode vir a dizer no teu coração, no silêncio ou por meio da própria palavra escrita do Salmo que leste.

Fala com Deus sobre a tua vida no tempo presente, das tuas alegrias e tristezas; das vitórias e derrotas e, acima de tudo, não tenhas receio de ser tu na presença d’Ele, pois Deus ama-te por aquilo que tu és, Ele conhece-te por inteiro. E, no exercício diário de encontro com Ele, vamos sendo renovados e, mais ainda, transfigurados na Sua imagem e semelhança.

Deus permita que hoje tenhas dado um passo em direcção ao Divino Amigo, pedindo simplesmente: “Vinde Espírito Santo!”

Regressar