Ave Maria Imaculada... Rezai o Terço todos os dias... Mãe da Eucaristia, rogai por nós...Rainha da JAM, rogai por nós... Vinde, Espirito Santo... Jesus, Maria, eu amo-Vos, salvai almas!

Curiosidades

Conheces o teu (tua) namorado(a)?

Tu conheces-te? Sabes o que procuras numa relação afectiva?

Segundo o psicólogo Pe. Alírio Pedrini, no seu livro 'Jovens Formação Afectiva e Sexual': "o namoro deve ser um tempo de conhecimento profundo das qualidades, das virtudes, das boas intenções e da honestidade, bem como das fraquezas, das limitações, dos problemas e até dos vícios que o namorado ou a namorada possuem, a fim de decidir se o namoro deve continuar ou não. Se há condições de prosseguir para um noivado e casamento, ou se essa caminhada de namoro deve ser interrompida.
Quero frisar que o conhecimento deve ser tanto das qualidades, como também das fraquezas. Se durante o namoro o namorado(a) não chega a conhecer em maior profundidade a namorada(a), após o casamento, ele(a) poderá ter muitas desilusões. Quando não há ilusões, também não haverá desilusões." Como ele nos alerta, o conhecimento do outro é fundamental para decidir continuar ou não num namoro.
Vamos expor várias perguntas que podem ajudar-te na análise do teu namoro. Poderás analisar se conheces o teu namorado(a) e servirá de orientação para procurar um diálogo afectivo e franco para poder melhor conhecê-lo(a). Se não namoras, observa a orientação no final do questionário.

Ø Ele(a) é optimista?
Ø Ele(a) é responsável?
Ø Ele(a) é estudioso(a)?
Ø Ele(a) é trabalhador(a)?

Ø Ele(a) é preguiçoso(a)?
Ø Ele(a) é organizado(a)?
Ø Ele(a) é afectivo(a)?
Ø Ele(a) é agressivo(a)?

Ø Ele(a) é autoritário(a)?
Ø Ele(a) é persistente?
Ø Ele(a) é pontual?
Ø Ele(a) é habilidoso(a)?

Ø Ele(a) é honesto(a)?
Ø Ele(a) é sincero (a)/autêntico(a)?
Ø Ele(a) é vaidoso(a)?
Ø Ele(a) é consumista?

Ø Ele(a) é sedutor(a)?
Ø Ele(a) é sensual?
Ø Ele(a) é crítico?
Ø Ele(a) é discreto(a)?

Ø Ele(a) é ansioso(a)?
Ø Ele(a) é agitado(a)?
Ø Ele(a) é preocupado(a)?
Ø Ele(a) é impulsivo(a)?

Ø Ele(a) é ciumento(a)?
Ø Ele(a) é medroso(a)?
Ø Ele(a) é possessivo(a)?
Ø Ele(a) é carente?

Ø Ele(a) é alegre?
Ø Ele(a) é atleta?
Ø Ele(a) é sedentário(a)?
Ø Ele(a) é caridoso(a)?

Ø Ele(a) é carinhoso(a)?
Ø Ele(a) gosta de rezar?
Ø Ele(a) sabe ouvir?
Ø Ele(a) é sincero com os amigos?

Ø Ele(a) tem amizades duradouras?
Ø Ele(a) não confia em si próprio?
Ø Ele(a) fica deslocado em grupos sociais?
Ø Ele(a) acha-se sempre o melhor do grupo?

Ø Ele(a) acha-se bonito(a) fisicamente?
Ø Ele(a) paga as suas contas em dia?
Ø Ele(a) muda constantemente de humor?
Ø Ele(a) tem facilidade para expressar sentimentos?

Ø Ele(a) é apegado a bens materiais?
Ø Ele(a) tem boa convivência com a família?
Ø Ele(a) valoriza mais os amigos do que a família?
Ø Ele(a) é atencioso com a família em datas especiais?

Ø Ele(a) demonstra desejo de formar família?
Ø Ele(a) gosta de andar sempre na rua?
Ø Ele(a) acha que os outros estão sempre a persegui-lo ou a explorá-lo?

Ø Ele(a) tem o hábito de culpar os outros das suas limitações?
Ø Ele(a) tem algum vício (álcool, cigarro, droga, jogo, masturbação, sexo)?
Ø Ele(a) afasta as pessoas com frieza, agressividade ou timidez?

Ele (a) é igual a mim?
Agora é hora de substituir Ele(a) por eu. Tu conheces-te?

Responde primeiro como ele (a) é, e só depois como tu és. Depois compara as duas listas e verifica quais são as diferenças. Reflecte bem, sem pressa.

Passada uma semana marca no questionário com SIM o que achas necessário numa relação afectiva e com NÃO o que não achas necessário numa relação afectiva.
Agora compara as listas.

1) Verifica primeiro o que precisa de ser melhorado em ti.
2) Escreve o que tu podes fazer para cresceres neste ponto.
3) Só depois de teres avaliado bem, tu poderás avaliar o teu (tua) namorado(a). Pois até as limitações que vês nele (nela) podem ser reflexo das tuas inabilidades. Mãos à obra.

Se não namoras responde primeiro como tu és. Depois o que achas necessário num (a) namorado(a) faz uma auto análise e verifica em que precisas de crescer.

 

 

Regressar