Ave Maria Imaculada... Rezai o Terço todos os dias... Mãe da Eucaristia, rogai por nós...Rainha da JAM, rogai por nós... Vinde, Espirito Santo... Jesus, Maria, eu amo-Vos, salvai almas!

Curiosidades

Bispo de Viana quer Eucaristia no centro

A «Eucaristia é o centro da vida da Igreja e nenhuma outra expressão religiosa pode substituí-la ou ser considerada ao mesmo nível», alertou D. José Pedreira ontem em Santa Luzia, o monte donde irradia o culto ao amor de Cristo, simbolizado pelo seu divino coração.

Na celebração eucarística da solenidade do Sagrado Coração de Jesus, o Bispo de Viana do Castelo frisou que da devoção popular, onde aparecem elementos que não se coadunam com a doutrina «devem ser purificados com prudência e paciência» propondo uma catequese «atenta e respeitosa», a não ser que incongruências exijam medidas mais radicais.

Numa referência ao Sínodo recordou que propostas sobre a religiosidade ou piedade populares podem resumir-se em poucas palavras: «valorizar as suas riquezas, fazer da Eucaristia o verdadeiro centro dessas celebrações, criar mecanismos e formas de participação mais alargadas».

Apesar destas advertências, o prelado salientou a profundidade a que se encontra enraizada na fé do povo do Alto Minho, a devoção ao Sagrado Coração de Jesus que é expressão do «reconhecimento do profundo amor de Deus a todos os seres humanos, testemunhado pelo envio do seu Filho Único Jesus Cristo que se fez homem para nossa salvação».

A devoção ao Sagrado Coração de Jesus e à Eucaristia, sublinhou, andam profundamente unidos, daí que se tenha estabelecido na Igreja a «devoção à comunhão em nove sextas-feiras seguidas» e na festa litúrgica do Sagrado Coração de Jesus.

No dia que, a nível mundial, é particularmente dedicado à oração pela santificação dos sacerdotes, na Diocese de Viana do Castelo os cinco jovens diáconos candidatos ao sacerdócio ministerial, diante do altar do Sagrado Coração de Jesus, fizeram a sua profissão de fé e a sua consagração.

O Santo Padre dirigiu um apelo a que em todas as dioceses do mundo se promovesse um movimento espiritual que, favorecendo uma consciência cada vez maior da ligação intrínseca entre Eucaristia e Sacerdócio e da especial Maternidade da Maria em relação a todos os sacerdotes.

Espera-se que esse movimento dê vida a uma corrente de adoração perpétua para a santificação dos clérigos, e a um novo empenho das almas femininas consagradas para que, a exemplo da Virgem Maria, e de modo singular associadas à sua participação na obra da Redenção, queiram adoptar espiritualmente sacerdotes (um sacerdote concreto), para ajudá-los com a oferta de si, a oração e a penitência.

Dirigindo-se aos zeladores, que mais de uma centena participaram ontem no Encontro Diocesano, o prelado desafiou-os a cultivarem a contemplação, a oração e o desagravo pelos pecados com que Deus é ofendido e tomarem parte de forma activa de apostolado, nas nossas comunidades cristãs.

O promotor Diocesano, durante o encontro, anunciou estarem a ser desenvolvidos todos os esforços para que as relíquias de Santa Margarida Maria, possam estar no santuário durante a solenidade do próximo ano e na peregrinação.

 

 

Regressar