Ave Maria Imaculada... Rezai o Terço todos os dias... Mãe da Eucaristia, rogai por nós...Rainha da JAM, rogai por nós... Vinde, Espirito Santo... Jesus, Maria, eu amo-Vos, salvai almas!

A Confissão

Encontro com D. Bosco

Encontro com D. Bosco

O Papa Bento XVI, no dia 1 de Fevereiro de 2006 apresentou aos jovens o Fundador dos Salesianos, São João Bosco, sacerdote e educador, como “mestre de vida”: «Contemplai nele, queridos jovens, um autêntico mestre de vida e de santidade».

É deste “mestre de vida e de santidade” que nos vai falar esta página

DOM BOSCO: PAI E MESTRE DOS JOVENS

"Darei tudo para ganhar o coração dos jovens e, assim, poder ganhá-los para o Senhor"
Nascido em 16 de Agosto de 1815, em Becchi, na Itália, João Melchior Bosco, o João Bosco, perdeu o pai aos dois anos de idade e, por isso, sentia muita falta desta figura carinhosa. Na busca de alguém que cumprisse tal papel, um dia chegou à conclusão de que o pai que ele procurava existia dentro de si próprio. Foi quando percebeu que o seu ministério seria o de pai dos órfãos.
A partir dos nove anos, Joãozinho Bosco sentiu o chamamento de Deus para cumprir a sua vocação-missão, mas só quando completou os 16 começou os seus estudos para o sacerdócio, recebendo a ordenação em cinco de Junho de 1841, aos 25 anos.
Por influência de São José Cafasso, iniciou a sua obra educando jovens abandonados da cidade de Turim e fundou o Oratório de Dom Bosco com Bartolomeu Garelli que passados alguns meses já tinha 80 jovens.
Em 1844, Dom Bosco iniciou o ofício de capelão de meninas pobres e no dia oito de Dezembro de 1844, então com 29 anos, benzeu a primeira capela dedicada a São Francisco de Sales em quem ele viu um modelo perfeito da calma, da mansidão e da caridade pretendida como modelo na educação dos jovens.
Na Páscoa de 1846, chegou à casa Pinardi, em Valdocco, e em 1853 fundou oficinas profissionais que davam cursos de alfaiate, encadernação, marcenaria, tipografia e mecânica. Os mestres destas oficinas foram chamados coadjutores salesianos.
No dia oito de Dezembro de 1859, com o nome de “Pia Sociedade de São Francisco de Sales”, fundou a Congregação Salesiana, que só em três de Abril de 1874 teve a aprovação das Constituições por parte da Santa Sé.
Nos anos seguintes, Dom Bosco fundou e organizou o Instituto das Filhas de Maria Auxiliadora e os Cooperadores Salesianos. A ele, num dia de alegria e de festa, foi oferecida como homenagem, a Associação dos seus ex-alunos.
Construiu, em Turim, a Basílica de Nossa Senhora Auxiliadora, e fundou 59 casas salesianas em 6 países. Abriu as missões na América Latina. Publicou as Leituras Católicas para o povo mais simples.

"FORMAR BONS CRISTÃOS E HONESTOS CIDADÃOS"

D. Bosco apresentou um programa de vida ao mesmo tempo simples e sério: ser bom cristão e honesto cidadão. O seu sistema educativo é concretizado pela moderação e pelo realismo, propondo, com bases em experiências adequadas e envolventes, ideais capazes de atrair por sua nobreza e beleza. Acreditou que em cada jovem existem energias que, se forem bem estimuladas, podem determinar a escolha da fé e da honestidade. Trabalhou o crescimento dos jovens, apoiando-se sobre a liberdade interior deles, contrastando os condicionamentos e os formalismos exteriores.
Dom Bosco também propôs como base para o seu sistema educativo a conquista dos corações dos jovens para despertar, com alegria e satisfação, o desejo do bem e a correcção dos seus erros, deixando-os preparados para o futuro, através de uma sólida formação de carácter.

A alguém que falava nas obras que D. Bosco tinha realizado, ele respondia sempre:
"Eu não fiz nada. Foi Nossa Senhora quem tudo fez".

D. Bosco morreu em 31 de Janeiro de 1888 deixando esta recomendação: "Digam aos meus jovens que os espero no paraíso”.
Em 1929, João Bosco foi beatificado e no dia 1 de Abril de 1934 foi canonizado pelo Papa Pio XI.
Hoje, eleito para ser o IX sucessor de Dom Bosco até 2008, está o mexicano de 56 anos, Pe. Pascual Chávez Villanueva.
Seguindo o raciocínio de Dom Bosco, o mundo terá a oportunidade de melhorar e de se renovar se os jovens trilharem o caminho do crescimento, da generosidade e solidariedade.

CARTA DE DOM BOSCO À JUVENTUDE

''O demónio tem normalmente duas artimanhas principais para afastar da virtude os jovens.
A primeira consiste em persuadi-los de que o serviço de Deus exige uma vida triste sem nenhum divertimento nem prazer. Ora isto não é verdade, meus caros jovens. Vou indicar-vos um plano de vida cristã que poderá manter-vos alegres e contentes, fazendo-vos conhecer ao mesmo tempo quais são os verdadeiros divertimentos e os verdadeiros prazeres, para que possais exclamar com o santo profeta David: “Sirvamos ao Senhor em santa alegria”.
A segunda artimanha do demónio consiste em fazê-los conceber uma falsa esperança duma longa vida que permite converter-se na velhice ou na hora da morte. Prestai atenção, meus caros jovens: muitos deixaram-se prender por esta mentira. Quem nos garante que chegaremos à velhice? Se se tratasse de fazer um pacto com a morte e de esperar até lá... Mas a vida e a morte estão nas mãos de Deus que dispõe de tudo a seu bel-prazer.
E mesmo se Deus vos concedesse uma longa vida, escutai, entretanto, a sua advertência: “o caminho do homem começa na juventude, e segue-o na velhice até à morte”. Ou seja, se, jovens, começamos uma vida exemplar, seremos exemplares na idade adulta, a nossa morte será santa e nos fará entrar na felicidade eterna.
Se, pelo contrário, os vícios começam a dominar-nos desde a juventude, é muito provável que eles nos manterão em escravidão toda a nossa vida até à morte, triste prelúdio a uma eternidade terrível.
Para que esta infelicidade não vos aconteça, eu vos apresento um método de vida alegre e fácil, mas que vos bastará para vos tornardes a consolação dos vossos pais, a honra da vossa pátria, bons cidadãos da terra, e depois felizes habitantes do céu...
Meus caros jovens, eu amo-vos de todo o meu coração e basta-me que sejais jovens para que eu vos ame extraordinariamente. Garanto-vos que encontrareis livros que vos foram dirigidos por pessoas mais virtuosas e mais sábias que eu em muitos pontos, mas dificilmente vós podereis encontrar algum que vos ame mais do que eu em Jesus Cristo e deseja mais a vossa felicidade.
Conservai no coração o tesouro da virtude, porque possuindo-o vós tendes tudo, mas se o perderdes, tornar-vos-eis os homens mais infelizes do mundo. Que o Senhor esteja sempre convosco e que Ele vos conceda seguir os simples conselhos presentes, para que possais aumentar a glória de Deus e obter a salvação da alma, fim supremo para o qual fomos criados. Que o Céu vos dê longos anos de vida feliz e que o santo temor de Deus seja sempre a grande riqueza que vos cumule de bens celestes aqui e por toda a eternidade.
Vivei contentes e que o Senhor esteja convosco. Vosso muito afeiçoado em Jesus Cristo''.
Dom Bosco, sacerdote.

PENSAMENTOS DE D. BOSCO

- “Maria é a Estrela-do-mar. Não abandona os que confiam na sua protecção; coloquemo-nos sob o seu manto".

- "Nossa Senhora Auxiliadora usa de uma grande protecção sobre aqueles que A invocam".

- "Quão eficaz é recorrer a essa boa Mãe que é a Virgem Maria".

- "Esperamos muito de Maria Santíssima porque Ela pode muito".

- "Promovei a devoção à Santíssima Virgem porque isso fará muito bem".

- “Maria Santíssima é cheia de piedade e de benignidade para connosco".

- "Recorramos a Maria, confiemos n’Ela e salvar-nos-emos porque Ela é poderosa".

- "Se vejo um jovem que não se interessa peles coisas da alma, ele torna-se para mim uma dolorosa coroa de espinhos".

- "Se queres uma vida alegre e tranquila procura estar sempre na graça de Deus".

- “Mostra-te sempre alegre...mas que a tua alegria seja sincera ".

- "Cumprir o dever com alegria e com amor é a melhor preparação para bem morrer".

- “Quem confia na Santíssima Virgem, nunca se sen¬tirá defraudado".

- "Nas coisas de maior importância, fazei sempre uma breve elevação de espírito a Deus antes de a resolver".

- "Além das práticas de piedade, nunca deixar de fazer todos os dias uma pequena meditação e um pouco de leitura espiritual".

- "Corações unidos, rendimento reduplicado".

- "Quando está em jogo a Igreja ou o Papa tudo o que se faz é pouco."

- “Em Jesus Eucaristia e na Virgem Auxiliadora está o meu apoio."

- "Cooperar com Deus na salvação das almas, a mais divina das coisas divinas, é caminho seguro de verdadeira santidade."

- “O celibato...é um estado de amor", que faz de nós "sinais e portadores do amor de Deus aos Jovens".

- "Para governar o coração é preciso ter em mira o interior”.

 

ORAÇÃO A SÃO JOÃO BOSCO

Necessitando eu de especial auxílio, com grande confiança recorro a vós, ó São João Bosco. Preciso não só de graças espirituais, mas também de graças temporais, e principalmente... (pedir a graça que se deseja).
Vós, que tivestes tanta devoção a Jesus Sacramentado e a Maria Auxiliadora, e que tanto vos compadeceste das desventuras humanas, alcançai-me de Jesus e de sua celeste Mãe a graça que vos peço, e também a aceitação completa da vontade de Deus.
Pai-Nosso, Ave-Maria e Glória.

D. BOSCO TAMBÉM FOI FAMOSO PELOS SEUS SONHOS

Aqui fica um:
Em 1860 D. Bosco teve um sonho. Pareceu-lhe estar numa grande sala. Ele conta o que viu:
Os jovens puros – Vi uma luz brilhante a encher a sala, e uma fileira de jovens, belos como anjos. Cada jovem segurava um lírio branco na mão. Perguntei o significado, dizendo-me o guia: Estes são os que guardaram a virtude da pureza.
Os jovens que amam a Deus – Vi depois, uma outra fileira de jovens que seguravam nas mãos outras flores. Passeavam sem tocar no chão. O guia explicou-me: São jovens cheios de amor por Deus. Depois estes desapareceram e fugiu também a luz que iluminava a sala.
Os jovens que se confessam – Com a sala mais às escuras, vi outro grupo de jovens. Tentavam subir, agarrando-se a uma corda presa no tecto. Mas não conseguiam, vindo sempre a cair por terra. O guia explicou: A corda é a confissão. Quem a souber usar, chegará certamente ao Céu. Estes jovens, porém, usam-na mal, são vítimas do pecado.


PAI E MESTRE DOS JOVENS

Pai e mestre dos jovens
Deste a vida por nós.
Hoje nós te louvamos
Juntos numa só voz.

D. Bosco, D. Bosco
Cantemos, cantemos
Glória, glória,
Glória para sempre.


Teu segredo é Maria
Tua força é Jesus.
Tua vida é dos jovens
És caminho, és luz.

Deste aos jovens a esp’rança
Deste a vida, o amor,
Deste a fé e a força
Dum futuro melhor.


Regressar