Beato Cardeal Clemen Ausgust Von Galen (1878-1946)
Aos 13 de Setembro de 1933, com 55 anos de idade, o pároco Clemens von Galen foi nomeado bispo de Münster pelo Papa Pio XI. Fiel ao seu lema de não se deixar influenciar “nem pelo elogio, nem pelo medo”, protestou publicamente contra as medidas terroristas da Gestapo e denunciou o Estado que havia prejudicado os direitos da Igreja e dos seus fiéis. Em 1946, o Papa Pio XII nomeou cardeal o bispo de Münster pelos seus méritos e pela extraordinária coragem em professar a fé. No seu ingresso como pastor de Münster, o bispo Galen fez imprimir uma imagem com a seguinte escrita:
“Sou o décimo terceiro filho da nossa família e agradecerei eternamente a minha mãe por ter tido a coragem de dizer sim a Deus também para este décimo terceiro filho. Sem este sim de minha mãe, hoje eu não seria sacerdote e bispo”.