NOVENA AO MENINO JESUS DE PRAGA

(Desde o dia 16 até ao dia 25 de cada mês)

Explicação:
O dia 25 de cada mês é como que dia de festa para os amigos do Menino Jesus, e é também o dia em que o «Pequeno-Grande» mais abundantemente derrama as suas bênçãos divinas. Fique bem gravado nas nossas almas o que diz do dia 25 a Venerável Margarida do Santíssimo Sacramento:
«Este dia é precioso pelas grandes graças que o Divino Menino se digna conceder. Estas graças são reflexo das que derramou sobre as almas que na ocasião do seu Nascimento tiveram a felicidade de se aproximarem dEle».
O número e a grandeza dos favores, que o Menino Jesus costuma conceder no dia 25, depende em grande parte das disposições espirituais com que nos preparamos para esse feliz dia.

Maneira de rezar a Novena:

Em nome do Pai, etc. Acto de contrição.

PRIMEIRO DIANeste dia honraremos o Divino Coração do Menino Jesus.

Ó Divino Menino Jesus, dulcíssimo cordeiro de Deus, eu me prostro diante de Vós e adoro o Vosso Santíssimo Coração ardente de amor por Vosso Pai e por nós. Vós sois verdadeiramente o Deus de amor de quem é próprio amar e querer ser amado. A Vossa bondade é tal que sois levado a fazer-me bem, embora eu tantas vezes Vos tenha ofendido! Vós não Vos fizestes pequenino senão para me fazerdes compreender que não sois senão bondade e que estais pronto a atrir-me a Vós. Vós dissestes que viestes para os pecadores que sofrem. Ó coração bondosíssimo do meu Jesus, como será possível não Vos amar? Como querer ainda ofender-Vos com os meus pecados? Como, sobretudo, não ter confiança em Vós que não rejeitais ninguém que Vos invoque e que tendes poder de apagar todos os nossos crimes e de reparar todos os males? A Vossa bondade manifesta-se nos nossos dias na piedosa imagem que Vos representa e pela qual Vós derramais os Vossos benefícios no universo inteiro. Espero que honrando-a alcançarei as vossas graças, mas a primeira que Vos peço é a de Vos amar.

SEGUNDO DIA Neste dia honraremos a Sagrada Cabeça do Menino Jesus

Ó Divino Menino Jesus, prostrado aos Vossos pés, adoro a Vossa sacratíssima cabeça coroada de glória e majestade. Vós sois o meu Criador e Supremo Rei. Que felicidade termos um Soberano como Vós! «O meu jugo é suave e o meu peso é leve. Vinde fazer a experiência de que sou manso e humilde de coração», dizeis Vós.
Divino Menino, fazei que acredite plenamente!
Eu Vos adoro humildemente e me alegro com as honras que recebeis em todo o Universo. Quero também honrar-Vos com todos os Vossos servos esperando receber com eles os Vossos favores preciosos. Peço-Vos sobretudo a graça de uma humilde submissão à Vossa divina vontade.

TERCEIRO DIANeste dia honraremos a Face meiga e pura do Menino Jesus.

Ó Divino Menino Jesus, eu me prostro a Vossos pés, para Vos honrar na Vossa face adorada! Que terna majestade, que doce e serena bondade! Não me admiro que todo o mundo se sinta atraído por Vós. Oh! atraí-me também a Vós pelo poder dos Vossos encantos puríssimos e arrastai-me até aos braços do Vosso Pai.
Senhor Jesus, mostrai-me a Vossa face favorável, e serei salvo! Muitas vezes os pecadores têm visto a Vossa imagem esconder a face santíssima ou mostrar-se triste ou severa. Eu Vo-lo peço: que não sejais para mim o Cordeiro irritado pois que me arrependo sinceramente das minhas faltas; mas sede o Cordeiro misericordioso que apaga os pecados do mundo.
Alegro-me por tantos fiéis terem sido atraídos pela Vossa graciosa imagem de Praga que a maldade dos ímpios deixou outrora sete anos na poeira; eu quero honrá-la para que Vos digneis atender-me e abençoar-me. Eu Vos peço em particular o perdão dos meus pecados e o desprendimento das criaturas.

QUARTO DIANeste dia honraremos os Pèzinhos sagrados do Menino Jesus

Ó Divino Menino Jesus, prostro-me a Vossos pés mil vezes benditos. Beijo-os com respeito e amor! Vós os fatigastes e feristes por mim, Divino Menino, durante a Vossa vinda do Egipto na Vossa viagem para Jerusalém quando tínheis doze anos. Mais tarde, deixai-los trespassar sobre a árvore da Cruz, para me resgatar do pecado e me oferecer a salvação. Como Madalena reconhecida, eu quero beijá-los e lavá-los com as minhas lágrimas. O Divino Rei, julgo-me feliz de saber que na Vossa imagem de Praga, Vós percorreis o mundo inteiro, recebendo por toda a parte honras divinas e a eleição dos corações. Espero que sendo um dos Vossos dedicados adoradores, terei parte na promessa que fizestes:
«Quanto mais me honrardes, mais Eu vos favorecerei».
O favor que em primeiro lugar solicito é o de seguir sempre pelos caminhos da verdade e da justiça e de fazer tudo pelo Deus que me criou.

QUINTO DIANeste dia honraremos as Mãos divinas do Menino Jesus.

Ó Divino Menino Jesus, prostro-me a Vossos pés, adoro as Vossas mãos santíssimas, puríssimas e cheias de bênçãos. Reconheço que sou com tudo o que existe, a obra da omnipotência das Vossas Mãos. Ó Mãos criadoras, que sustentais o universo! Ó Mãos benfeitoras, que derramais os Vossos dons sobre as criaturas e os Vossos favores sobre os que Vos imploram! Consenti que eu poise em Vós os meus lábios repetindo: Sede mil vezes bendito por todos os Vossos benefícios.
Ó Divino Menino Jesus, eu Vos bendigo por todas as bênçãos que distribuis àqueles que veneram a Vossa Santa Imagem de Praga; outrora os hereges desprezaram-na e mutilaram as suas mãos, mas tornou-se por isso mais venerável e querida aos nossos corações.

SEXTO DIANeste dia honraremos a Boca e os Lábios Santíssimos do Menino Jesus

Ó Divino Menino Jesus, prostrando-me aos Vossos pés, adoro a Vossa boca sagrada. Durante a Vossa infância ela calou-se e, quando falou, não proferiu senão palavras de súplica a Seu Pai, cheias de zelo e caridade pelo próximo.
Ó lábios divinos, dos quais dimana a sabedoria, instruí-nos! Ensinai-nos a guardar silêncio quando for preciso, e a falar a propósito, como convier e sempre conforme a verdade! Ensinai-nos a fugir da maledicência e duplicidade de toda a palavra áspera e altiva ou escandalosa para com o próximo.
Diz-se que algumas vezes fizestes ouvir a Vossa dulcíssima voz pela Vossa Imagem de Praga. As maravilhas que por seu intermédio operais são tantas, que parecem dizer-nos a todos:
«Vós todos, os que sofreis, vinde a Mim e Eu vos aliviarei. Pedi e recebereis; ponde-vos ao Meu serviço e encontrareis a paz da alma».

SÉTIMO DIANeste dia honraremos os santíssimos e pacientíssimos Ouvidos do Menino Jesus

Ó Divino Menino Jesus, prostrado aos Vossos pés, adoro os vossos santíssimos ouvidos sempre prontos a escutar-me. Quantas vezes eles foram feridos pelas impiedades que se proferiram!
De coração deploro tantas blasfémias atiradas contra o Vosso Santo Nome. Apesar da minha indignidade eu Vos peço que não afasteis os Vossos ouvidos das minhas súplicas, e que Vos torneis atento ao clamor do meu coração. Divino Menino que sois a própria bondade, ouvi-me, como tendes ouvido a tantos outros. Concedei-me o que Vos peço para a maior glória de Deus, Vossa honra e minha salvação.
Diante da Vossa Santa Imagem eu Vos peço, sobretudo, a virtude da paciência que é tão necessária. Que com o socorro da Vossa graça eu não ceda jamais ao desânimo, nem à cólera ou vingança, nem ao despeito!

OITAVA DIANeste dia honraremos os Olhos do Menino Jesus cheio de modéstia e doçura

Ó Divino Menino Jesus, prostrando-me diante de Vós, adoro humildemente os Vossos olhos a que nada se esconde. O Vosso olhar penetra o mais recôndito das consciências, no mistério dos nossos pensamentos. De que serve dissimular, enganar, esconder-nos para cometer o mal! Vós tudo vedes; nada escapa à Vossa penetração.
Se me tivesse lembrado sempre desta verdade, não teria tido a temeridade de Vos ofender nem ultrajar com os meus crimes. Ó Jesus! Que nunca cesse de os chorar até à morte.
Jesus, que chorastes de compaixão à vista das aflições dos homens, tende piedade de mim, pobre pecador e fazei-me misericórdia. Diante da Vossa Santa Imagem eu Vos peço a graça de viver sempre na presença de Deus e de ser modesto nos meus olhares, segundo o conselho do Espírito Santo.

NONO DIANeste dia honraremos o Santo Menino Jesus com a Santíssimo Virgem e S. José; e a exemplo do Menino Jesus, honremos Maria e José

Ó Divino Menino Jesus, prostrado aos Vossos pés com Maria, Vossa Santa Mãe e S. José, eu Vos adoro como Meu Senhor e Meu Deus. Em vista da complacência que o Vosso Pai tem em Vós e do amor com que Vos olha o Espírito Santo, não tenho nada melhor para Vos oferecer do que as piedosas homenagens dos Vossos Santos Pais e todos os serviços que eles Vos fizeram durante a Vossa Santa Infância. Com que ternura e dedicação eles Vos serviram!
E Vós, ó Divino Menino, Vós, o mais obediente e amante dos filhos, Vos submetestes às suas ordens, respeitadas pela sua autoridade, cheio de reconhecimento e afeição. Pelo amor que Vós lhes tendes eu Vos peço que tenhais piedade de mim!
E Vós, ó Maria, ó José, recomendai-me a este Filho bem amado! É sobretudo pela Vossa intercessão que eu espero encontrá-lO propício e favorável. Obtende-me por Ele um terno e verdadeiro amor.
Ó Divino Menino Jesus, eu Vos bendigo por me terdes dado Maria por Mãe e S. José por protector. Eu vos peço a graça duma constante devoção, tanto para com Maria, Vossa e nossa Mãe, como para com o glorioso S. José!