Sagrado Coração de Jesus, o nosso refúgio

O mês de Junho é regido por grandes festas cristãs. É o mês do Sagrado Coração de Jesus. Santo Afonso de Ligório afirma que "A devoção ao Coração de Jesus é a mais bela e a mais sólida do Cristianismo".

O Senhor declarou a Santa Margarida Alacoque: "Eis o Coração que tanto tem amado os homens e os cumulou de benefícios, e em resposta ao seu amor infinito, em vez de gratidão, encontra esquecimento, frieza e desprezo".

O Papa Leão XIII consagrou o mundo ao Sagrado Coração de Jesus, assim como vários outros Sumos Pontífices que, de maneiras diversas, manifestaram-se a favor dessa devoção, a qual se resume na consagração a ele e na reparação dos ultrajes que são feitos ao Senhor. Nosso saudoso e amado Papa João Paulo II, em 1980, também nos convocou para uma adesão profunda a essa devoção.

Entre os documentos e escritos sobre esse tema encontramos a Encíclica de Pio XII, "Haurietis aquas, de 15 de Maio de 1956. Nela, o Pontífice salienta que é o próprio Jesus que toma a iniciativa de nos apresentar o Seu Coração como fonte de restauração e de paz: “Vinde a mim, todos vós, que estais cansados e oprimidos, que Eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração e encontrareis descanso para o vosso espírito. Pois o meu jugo é suave e o meu fardo é leve” (Mt. 11, 28-30).

Que o Coração de Cristo seja o nosso refúgio!