FUNÇÃO DA CATEQUESE

- Educa os crentes no curso da história da salvação, consciencializando-os da sua inserção na caminhada de um povo que ao longo dos tempos foi conhecendo Deus;
- Revela a Palavra de Deus dirigida ao homem como desafio;
- Educa progressivamente, isto é, tem em conta as etapas da vida do homem para que a fé venha a dar resposta às suas interrogações;
- Comunica uma mensagem e não uma doutrina, isto é, deve partir da vida interpelada pela Palavra e não se ficar pelo manual;
- Dirige-se a uma comunidade que se interroga sobre a fé;
- Deve capacitar para uma participação na vida da comunidade cristã incluindo a celebração do Mistério da Ressurreição;
- O seu fim é levar a uma actividade missionária, isto é, capacitar para o anúncio da Boa Nova da salvação.
A meta de toda a catequese é levar a uma confissão de fé formulada, celebrada e, sobretudo, vivida. O objectivo final da catequese é a de compromisso com Jesus Cristo e com os homens. E comprometer-se com o Salvador é comprometer-se com o bem, com a paz e a justiça, viver em solidariedade e fraternidade, valores estes vividos por Jesus.

A Catequese, que Jesus transmite?

Por D. Eugénio Rixen, bispo responsável na CNBB pela Comissão Episcopal para a Animação Bíblico-Catequética

O “grande desafio” da catequese hoje é fazer com que os fiéis “se apaixonem” por Jesus, mas não o Jesus do mercado religioso moderno.

A catequese prepara para viver os sacramentos de iniciação: Baptismo, Crisma e Eucaristia. Não para celebrar ritos sem compromisso, mas para reviver os mistérios pascais da morte e ressurreição de Jesus.Mergulhados com Cristo na sua morte, viveremos também com ele para uma vida nova.

A ligação entre a Eucaristia e a partilha do pão: a partilha do pão leva a entender melhor a eucaristia, e esta leva a partilhar o pão.Uma catequese que não leva a transformar a vida e a sociedade não pode ser uma verdadeira catequese.

O lugar da catequese é a comunidade, uma comunidade que sabe partilhar. O “grande desafio” da catequese hoje é: que Jesus nós transmitimos?

No mercado religioso moderno muitos falam de Jesus, mas de quem se trata de verdade? O Jesus milagreiro? O Jesus resposta a todos os meus problemas? O Jesus que traz prosperidade material? O Jesus mítico? O Jesus para mim?

Mais do que nunca, os catequistas são convidados a conhecer o Jesus da História, que se fez igual a nós em tudo, menos no pecado.

O Jesus que carregou as nossas dores e alegrias, sofrimentos e esperanças. O Jesus revelação plena do Pai, do amor do Pai, que através da sua fraqueza na cruz revela a força de Deus. Um Jesus ressuscitado. A catequese procura que os catequizandos se apaixonem por este Jesus. Tudo o resto é consequência.