Sim, a Deus; nãao, ao Demónio

 

Sim, a Deus; não, ao Demónio  

 

 

Jesus manifestou-se para destruir toda as obras do Demónio

 

“Aquele que peca é do Demónio, porque o Demónio peca desde o princípio. Eis por que o Filho de Deus se manifestou: para destruir as obras do Demónio.” (IJo 3, 8)

 

Jesus veio a este mundo e manifestou-se para destruir as obras do Demónio, e justamente por isso que Ele vai até à cruz. Não dá para imaginar quanto Jesus sofreu, sofreu tanto, tudo fruto da sua obediência ao Pai. Por isso, que Ele suou sangue naquela noite no Horto das Oliveiras: “Pai afasta de mim este cálice, mas não se faça o que eu quero, mas sim o que tu queres.” Não podemos viver justificando os pecados, acostumar-nos e ainda ajudar outros: ‘Ah, isso não é pecado!’ Tornando-se assim um hábito viver no pecado. E, foi por este motivo que Jesus se manifestou para destruir toda as obras do Demónio.

 

Vemos no Antigo Testamento o facto de Absalão, o filho muito querido de David querer matar o Pai por causa do trono. Foi porque David pecou, cometendo o adultério com Betsabé, esposa de Urias – um valente guerreiro da sua tropa de ‘Elite’. Depois de ter pecado, David para se justificar chama Urias para jantar com ele, embriaga-o e manda-o ir para casa dormir com a sua esposa para não desconfiar que ‘Betsabé’ estava grávida dele [David], mas Urias sendo obediente, temente a Deus e ao seu rei, dormiu do lado de fora para proteger o rei diante do inimigo. David comete outro pecado mandando Urias para a frente da batalha. Urias morre e David homenageia-o ‘descaradamente’, tomando Betsabé como esposa.

 

Natã, profeta de Deus é enviado a David para que pudesse ter com ele,  arrependendo sobe à montanha para pedir perdão. Quando Semei, filho de Gera, em IS 19,16 aparece praguejando David, os soldados queriam cortar a cabeça deste homem, mas, David reconheceu o seu pecado não lhe permitindo nenhum mal. Este homem aqui, é o Demónio que vem e te acusa diante do pecado que cometeste, perturbando a tua cabeça, mas, o Deus que David servia é misericordioso, por isso ele foi perdoado.

 

O que o Demónio faz com as pessoas: primeiro tenta-nos para nos levar ao pecado, depois oprime-nos, e não conseguimos sair do pecado porque há uma opressão. A pessoa começa a escutar vozes, começa a ver ‘coisas’, e o inimigo acaba por possuir aquela pessoa. Isto não é história, que a parapsicologia tenta explicar e com desculpas, deixamos os nossos irmãos padecerem assim, esquecendo-nos que Jesus se manifestou para revelar as obras do Demónio.

 

Irmãos e irmãs em grande número continuam a ser possuídos na ignorância, e eis o motivo pelo qual o Filho do homem veio; para destruir as obras das trevas. Escape o mais depressa possível e não deixe para depois, para que você hoje dê o passo decisivo em ser o Senhor, único Deus e Salvador da sua vida.