Um testemunho verídico sobre o Terço

 

Um Testemunho Verídico Sobre o Terço

 

A humildade de uma devota de Maria Santíssima. 

 

Havia uma senhora muito simples que vendia verduras na vizinhança. Certo dia, Tia Joana, conhecida por toda a vizinhança, foi vender as suas verduras a casa de um protestante e perdeu o terço no jardim da casa dele. Passados alguns dias, Joana voltou novamente àquela casa. O protestante veio logo zombar da Tia Joana, e disse-lhe:

- ''Tu perdeste o teu Deus''?

Ela humildemente respondeu:

- ''Eu, perder o meu Deus? Nunca!''

Ele, então, pegou no terço e disse:

- ''Não é este o teu Deus?''

- ''Graças a Deus que o senhor encontrou o meu terço. Muito obrigada''.

- ''Por que não trocas este cordão com estas sementinhas pela Bíblia?''

- ''Porque eu não sei ler a Bíblia, e com o terço eu medito toda a palavra de Deus e guardo-a no coração''.

- ''Meditas a Palavra de Deus? Como fazes? 

Respondeu a Tia Joana, pegando no terço: Quando pego na cruz, lembro-me que o Filho de Deus deu todo o Seu Sangue, pregado numa cruz, para salvar a humanidade.

Esta primeira conta grossa lembra-me que há um só Deus Omnipotente.

Estas três contas pequenas lembram-me as três pessoas da Santíssima Trindade: Pai, Filho e Espírito Santo. 

Esta conta grossa faz-me lembrar a oração que o Senhor nos ensinou, que é o Pai Nosso.

O terço tem cinco mistérios que fazem as cinco chagas de Nosso Senhor Jesus Cristo cravado na Cruz, e cada mistério tem dez Ave-Marias, que me fazem lembrar os Dez Mandamentos que o Senhor escreveu nas tábuas de Moisés.