A Igreja

Organização e governo

 

Como sociedade estruturada, a Igreja Católica está organizada e governada especialmente em base a jurisdições correspondentes ao Papa e aos bispos.
O Papa é a cabeça suprema da Igreja. Ele tem a primazia de jurisdição como a honra sobre toda a Igreja.
Os bispos, em união e subordinados ao Papa, são os Sucessores dos Apóstolos para o cuidado da Igreja e para continuar com a missão do Senhor Jesus no mundo. Eles servem o povo de sua própria diocese, ou igrejas particulares, com autoridade ordinária e jurisdição. Eles também compartilham com o Papa, e entre eles, a comum preocupação e esforço pelo bom andamento de toda a Igreja.
Os bispos de status especial são os patriarcas do Rito Pascal, que dependem somente do Santo Padre, são cabeças dos fiéis que pertencem a estes ritos em todo o mundo.
Os bispos são directamente responsáveis perante o Papa, pelo exercício de seu ministério ao serviço de seu povo em várias jurisdições ou divisões da Igreja pelo mundo.
Podem ser: Arcebispos residentes e Metropolitanos (cabeças de arquidiocese), Bispos diocesanos (cabeças de dioceses), Vigários e Prefeitos Apostólicos (cabeças de pastorais apostólicas e prefeituras apostólicas), Prelados (cabeças de uma Prelatura) e Administradores Apostólicos (responsáveis temporais por uma jurisdição).
Cada um destes, nos seus respectivos territórios e de acordo com a lei canónica, têm jurisdição ordinária sobre os párocos (que são responsáveis pela administração das paróquias), sacerdotes, religiosos e leigos.
Também dependem directamente do Santo Padre os Arcebispos e Bispos titulares, ordens religiosas e congregações de Direito Pontifício, institutos e faculdades Pontifícias, Núncios do Papa e Delegados Apostólicos.
Assistindo o Papa e actuando em seu nome no governo central e administração da Igreja estão os cardeais da Cúria Romana.

A hierarquia 

A hierarquia ministerial é a designada ordenadamente de acordo com a dignidade e ordem do clero para velar pela vida espiritual dos católicos, pelo governo da Igreja e pela missão da Igreja em todo o mundo.
As pessoas pertencem à hierarquia por virtude de ordenação e missão canónica. O termo "hierarquia" é também utilizado para designar um conjunto determinado de bispos. Por exemplo: a Hierarquia da América Latina, a Hierarquia da Argentina.

O Papa, Cabeça da Igreja 

Os títulos do Papa são: Sucessor do Apóstolo Pedro, Sumo Pontífice da Igreja Universal, Patriarca do Ocidente, Primaz da Itália, Arcebispo e Metropolitano da Província de Roma, Soberano do Estado da Cidade do Vaticano.
O Papa dá o seu ensinamento, como garantia da fé comum, mediante encíclicas, cartas apostólicas, mensagens, discursos, etc., e em algumas ocasiões sob a forma de definições doutrinais infalíveis. Tem na Igreja Católica a plenitude do poder legislativo, judicial e administrativo.