O sofrimento

O SOFRIMENTO

 

1 - Eu te farei cavalgar sobre as alturas da terra (Is 58,14)

       Dizem que uma das primeiras regras que o piloto aprende é pôr o avião de encontro ao vento e voar contra ele. O vento eleva-o a maiores alturas. Onde foi que aprenderam isto?

 Foi com as aves. Se um pássaro voa por prazer, ele vai ao sabor do vento.

  Mas se enfrenta algum perigo, faz meia volta e voa contra o vento, para ir mais para cima; e sobe cada vez mais.

 Os sofrimentos são os ventos de Deus, ventos contrários, às vezes ventos fortes.

 São os furacões de Deus, mas tomam a nossa vida e elevam-na a alturas maiores e em direcção aos céus de Deus.

 Todos nós já observamos no verão dias em que a atmosfera está tão opressiva que é até difícil respirar. Mas depois aparece uma nuvem no horizonte, e ela cresce, e derrama-se em rica bênção sobre a terra. É o relâmpago que corta os ares, é o trovão que ressoa, é a pesada chuva que cai. A atmosfera fica leve, e há uma vida nova no ar; tudo mudou.

     Exactamente este mesmo princípio é o que opera na vida humana. Quando a tempestade cai, a atmosfera do coração transforma-se, é purificada e recebe vida nova; uma parte do céu é trazida à terra. Os obstáculos deveriam fazer-nos cantar. O vento canta, não quando está a atravessar a amplidão dos mares, mas quando encontra o obstáculo dos braços das árvores ou quando é quebrada por finas cordas. Então ele canta com poder e beleza.

   Libertemos as nossas almas para cruzar os obstáculos da vida as sombrias florestas da dor, ou até mesmo os pequenos embaraços e aborrecimentos que o próprio amor oferece, e ela também cantará.

 

2 - Hoje tens três armas muito poderosas para enfrentar obstáculos:

       Fé, a Esperança e o Amor!

      Deixa que a fé te inspire, que a esperança te ajude a crer em novas oportunidades e que o amor sirva como princípio básico para guiar a tua vida.

      Precisas de ver a vida com a perspectiva da fé!

      Isto é essencial para viver uma vida realizada. Precisamos de ser visionários que podem ver através dos olhos da fé o que outros consideram impossível.

      Isto tudo é uma questão de perspectiva. Deus deseja tocar os nossos olhos para que as escamas da incredulidade caiam e possamos vislumbrar no céu as novas possibilidades.

Reflecte sobre esta quadra:

          Dois homens olharam para fora das grades da prisão.

          Ali pensando na vida puseram-se a observar

          Um deles viu apenas lama e escuridão

          o outro olhou para o céu e viu as estrelas a brilhar!

      Precisas de tirar os teus olhos da "lama e da escuridão" para os colocares no "céu e nas estrelas a brilhar"?

      Pede fé a Deus e começa a ver a vida como Deus a vê.

      Precisas de experimentar a cura que a esperança traz!

      Quando parecer que tudo está perdido e o desespero começar a instalar-se - espera ouvir aquela voz que no meio da tempestade diz:

      "Coragem, sou eu! Não tenhas medo!"

      e assim acalma os ventos e as ondas. Já ouviste esta voz no meio das tormentas da vida?

      Deus deseja colocar esperança na tua existência para que tu possas intervir na realidade da vida do teu próximo levando a esperança de uma vida melhor. Tu anunciará a libertação aos cativos, a vista aos cegos, a liberdade ao explorado e boas novas aos pobres.

      Pede a Deus para curar a tua alma das feridas da desilusão com pessoas, das circunstâncias adversas e dos sonhos transformados em pesadelo.

      Ousa esperar que Deus não apenas cure a tua alma mas te ajude a levar esperança para os que estão ao teu redor.

      Precisas de experimentar a nova vida que brota do amor!

      Agarra o amor e aplica-o às feridas da tua família, amigos e inimigos.

      Caminha como Jesus caminhou - vestindo quem não tem roupa, alimentando o faminto, ajudando o enfermo, oferecendo um copo de água fria a quem tem sede.

      Deixa o amor ser a razão maior da tua existência - o padrão que usas para, no segredo do teu coração, avaliar e examinar cada pensamento, cada acção, cada plano, cada alvo e cada passo que deres.

      O verdadeiro amor é muito mais do que um sentimento que dá calafrios ou nos faz chorar com emoção.

      Examina o teu coração e nota que tu e Deus estais a conversar com intimidade.

      Tem dias de fé, esperança e amor de Deus na tua vida...

 

Já é de manhã!

 

Ouço a tua voz dizendo:

Meu filho, acorda, já é de manhã.

Eu lembrei-me das minhas misericórdias

Já se renovaram esta manhã

Sei que a noite foi longa e triste

Mas das tuas lágrimas, não me esqueci.

 

Noite de lágrimas, sem luz, sem vida,

Noite de solidão, de medo e dor.

Ó meu Senhor, só espero em Ti

Sei que trabalhas enquanto ainda é noite

Mas como espero pelo romper da manhã!

Como espero ouvir-TE dizer:

Meu filho acorda, já é de manhã!

 

Às vezes passamos por períodos na vida que parecem uma longa e escura noite,

mas o nosso Deus trabalha à noite, aliás Ele não descansa, e enquanto choramos,

Ele trabalha para pôr fim ao sofrimento e para nos confortar.

Busquemos sempre a solução em Deus.

 

A minha alma anseia pelo Senhor, mais do que os guardas pelo romper da manhã. (Salmo 130-6)

Ao anoitecer pode vir o choro, mas a alegria vem ao amanhece (Salmo 30-5b)

As misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos porque as suas misericórdias não têm fim; renovam-se cada manhã. (Lamentações 3,22-23a)