12.ª Lição - O perdão dos pecados
Por que não cumprimos sempre os mandamentos de Deus? Primeiro, porque somos livres, podemos dizer «sim» ou «não» ao que Deus nos manda fazer; depois, porque deixamo-nos levar pelas nossas más inclinações.
O que acontece quando dizemos «não» a Deus? Fazemos um pecado e afastamo-nos de Deus.
O que é o pecado? É uma ofensa feita a Deus, desobedecendo à sua santa Vontade.
Quais são as consequências do pecado para nós? O pecado faz mal à nossa alma, afastando-nos de Deus e aumentando as nossas más inclinações; tira a paz da alma e torna-nos mais fracos para as dificuldades da vida.
O nosso pecado prejudica também os outros? Sim: directamente, podemos ofender os outros ou dar-lhes mau exemplo; indirectamente, enfraquecemos os outros pela união que existe entre todos (comunhão dos santos).
Como sabemos que algo é pecado e, por isso, não devemos fazer? Porque assim aprendemos da Igreja nossa Mãe; ou porque Deus nos diz no íntimo da nossa consciência.
O que é a consciência? É a voz de Deus em nós, avisando-nos do mal que devemos evitar e do bem que devemos fazer.
Que género de pecado podemos fazer? Segundo a sua gravidade, podemos fazer um pecado mortal ou um pecado venial.
O que é o pecado mortal? É um pecado grave que dá a morte da alma, isto é, a alma perde a vida da graça, ou seja a união com Deus, merecendo o Inferno.
O que é o pecado venial? É um pecado leve que, embora não se perca a vida da graça, aumenta as más inclinações, merecendo o Purgatório.
Como podemos livrar-nos dos nossos pecados? Arrependendo-nos quanto antes e pedindo perdão a Deus, que gosta muito de nos perdoar, para aumentar o nosso amor por Ele; se o pecado é mortal, precisamos de receber o Sacramento da Penitência ou Confissão.
Jesus perdoou muitos pecados? Na sua vida terrena, Jesus como Deus perdoou muitos pecadores arrependidos, como o paralítico de Cafarnaum, a mulher de má vida, a mulher adúltera e um dos ladrões crucificados a seu lado na Cruz.
Na Igreja, quem tem agora o poder de perdoar os pecados? Jesus deu o poder divino de perdoar qualquer pecado, por maior que seja, aos Apóstolos, no Sacramento da Penitência, e eles deixaram-no aos Bispos e sacerdotes.
À noite, antes de nos deitarmos, é bom pedir perdão a Deus de algum pecado que tenhamos feito e agradecer-Lhe os bens que tenhamos recebido.