Frutos do baptismo no Espírito Santo

Frutos do baptismo no Espírito Santo:

1°- Reconstruir a Unidade que o pecado havia quebrado, desfeito, toda relação e submissão a Deus como Pai, recebemos de volta a graça que havíamos perdido;


2° - Reconhecer Jesus como messias e Senhor ressuscitado!


3° - Conversão e a Vida Nova no Espírito: Eu vos exorto: deixai-vos sempre guiar pelo Espírito, e nunca satisfaçais o que deseja uma vida carnal (Gl 5, 16-25);


4° - Assumir a filiação adoptiva, somos filhos de Deus e herdeiros das realidades do céu: “De facto, vós não recebestes espírito de escravos, para recairdes no medo, mas recebestes o Espírito que, por adopção, vos torna filhos, e no qual clamamos: “Abbá, Pai!”O próprio Espírito se une ao nosso espírito, atestando que somos filhos de Deus. E, se somos filhos, somos também herdeiros: herdeiros de Deus e co-herdeiros de Cristo, se, de facto, sofremos com ele, para sermos também glorificados com ele” (Cf. Rm 8,15-17);


5° - Conduz à santidade: “e revestir-vos do homem novo, criado à imagem de Deus, na verdadeira justiça e santidade” (Efésios 4,24).

6° - Necessidade de viver toda esta novidade em comunidade: “Todos os que abraçavam a fé viviam unidos e possuíam tudo em comum; vendiam as suas propriedades e os seus bens e repartiam o dinheiro entre todos, conforme a necessidade de cada um. Perseverantes e bem unidos, frequentavam diariamente o templo, partiam o pão pelas casas e tomavam a refeição com alegria e simplicidade de coração” (Act. 2,44-46).

7° - Abertura para a missão e servir na Igreja com os Dons, carismas e frutos: “Anunciar o Evangelho não é glória para mim; é uma obrigação que se me impõe. Ai de mim, se eu não anunciar o Evangelho!” (I Coríntios 9,16).


Oração: Vinde Espírito Santo, vinde e enchei-me, restaurai-me, derramai-vos sobre mim como fostes derramado sobre os apóstolos no cenáculo com Maria. Vinde Espírito consolador e enchei os nossos corações com os vossos sete dons. Ó Deus que instruístes os corações dos vossos fiéis com a luz do Espírito Santo, fazei que apreciemos rectamente todas as coisas, segundo o mesmo Espírito e gozemos sempre das Suas consolações. Por Cristo Senhor Nosso. Amém.