O Papa e o Menino Jesus de Praga

O PAPA E O MENINO JESUS DE PRAGA

No dia 26 de Setembro de 2009, dando início à visita que fez à República Checa, o Papa Bento XVI visitou a igreja de Nossa Senhora da Vitória onde se venera a imagem do Menino Jesus de Praga.

Aqui ficam as palavras que o Papa pronunciou no Santuário de Praga. Neste dia o Santo Padre coroou a imagem do Menino Jesus. Este gesto indica que toda a nossa vida deve estar centrada em Cristo, nosso Rei e Senhor.

A imagem do Menino Jesus faz-nos pensar imediatamente no mistério da Encarnação, no Deus omnipotente que se fez homem, e que, durante 30 anos, viveu numa família humilde de Nazaré, confiado na Providência e à guarda esmerada de Maria e de José. O meu pensamento vai para as vossas famílias e para as famílias do mundo inteiro, com as suas alegrias e dificuldades. À nossa reflexão unimos a oração, pedindo ao Menino Jesus o dom da unìdade e da concórdia para todas as famílias. Pensamos, sobretudo, nas mais jovens, que tanto se esforçam por dar aos seus filhos segurança e um futuro mais digno. Rezamos pelas famílias que vivem em dificuldade, provadas pela doença e pelo sofrimento, pelas que estão em crise, separadas ou dilaceradas pela discórdia e pela infidelidade. Confiamo-las todas ao Santo Menino de Praga, sabendo o quanto é importante a sua estabilidade e concórdia para o verdadeiro progresso da sociedade e do futuro da humanidade.
A imagem do Menino Jesus, com a ternura da sua infância, faz-nos perceber a proximidade de Deus e o seu amor. Compreendemos o quanto valemos a seus olhos porque, graças a Ele, também nós nos tornámos filhos de Deus. Cada ser humano é filho de Deus e, por conseguinte, nosso irmão; e, como tal, há-de ser acolhido e respeitado. Oxalá a nossa sociedade fosse capaz de compreender esta realidade! Cada pessoa humana seria, então, valorizada não por aquilo que tem, mas por aquilo que é, porque no rosto de cada ser humano, sem diferença de raça ou cultura, brilha a imagem de Deus.
Isto é válido sobretudo para as crianças. No Santo Menino de Praga contemplamos a beleza da infância e a predilecção que Jesus Cristo sempre manifestou para com os pequeninos, como lemos no Evangelho (cfr Mc 10,13-16). Quantas crianças, ao invés, não são amadas, nem acolhidas, nem respeitadas! Quantas delas são vítimas da violência e de toda a espécie de exploração por parte de pessoas sem escrúpulos! Oxalá se dispense aos mais pequenos o respeito e a atenção que lhes são devidas: as crianças são o futuro e a esperança da humanidade.
Queridas crianças, gostaria de vos dirigir uma palavra especial a vós e às vossas famílias. Vós, que sois os predilectos no coração do Menino Jesus, aprendei a partilhar o seu amor, e, seguindo o seu exemplo, sede obedientes, gentis e caritativos. Aprendei a ser, como Ele, o conforto dos vossos pais. Sede verdadeiros amigos de Jesus e recorrei sempre a Ele com confiança. Rezai-Lhe por vós próprios, pelos vossos pais, parentes, professores e amigos; e rezai-Lhe também por mim. Obrigado mais uma vez pelo vosso acolhimento; enquanto imploro sobre todos vós a protecção do Divino Menino Jesus, da sua Mãe lmaculada e de S. José, abençoo-vos de todo o coração.