Mensagem


Abri as portas ao Redentor

João Paulo II

 
Início seta Mês do Sagrado C. Jesus seta Um segredo rasgado no Coração que amou até ao fim
Um segredo rasgado no Coração que amou até ao fim Imprimir e-mail

Um segredo rasgado no Coração que amou até ao fim

Como encontrar repouso e segurança no Coração Sagrado de Jesus

São Bernardo de Claraval, meditando sobre o Coração de Jesus, disse: Onde encontrar repouso tranquilo e firme segurança para os fracos, a não ser nas chagas do Salvador? Ali permaneço tanto mais seguro quanto mais poderoso é Ele para nos salvar (Liturgia das Horas III, p 106).

Na realidade, pela ferida do Corpo de Cristo aparecem a Sua bondade e as profundezas da Sua misericórdia.

Os discípulos de Jesus, os dedicados discípulos do Senhor, contemplam detida e serenamente a ferida do peito de Cristo. Através desta chaga luminosa, dão-se conta da misericórdia do Salvador, da Sua imensa bondade.

Com efeito, quando estávamos mortos, quando vivíamos entregues aos nossos próprios caprichos, seguindo pelas sendas tortuosas e caminhos inóspitos, Jesus foi elevado ao alto da Cruz, teve o semblante coberto de poeira, suor, sangue e escarros. Ali ficou suspenso pelo espaço de pouco tempo, que pareceu uma eternidade.

Depois de morto, deixou que o Seu peito fosse rasgado para que os homens e as mulheres de todos os tempos pudessem, efectivamente, descobrir o segredo da Sua Vida: veio como encarnação do Amor de Deus, que ama os Seus até ao fim. Viveu no amor e por amor morreu.

A chaga do peito do Redentor revela o segredo do Seu Coração.

São Bernardo tem razão: Quanto a mim, vou buscar o que me falta, confiadamente, nas entranhas do Senhor, tão cheias de misericórdia, que não lhe faltam fendas por onde se derrame! (idem).

 

Webdesign Contabilidade Porto Porto Apartments