Mensagem

Basta-me saber que sois jovens para eu vos amar

São João Bosco

 
Início seta Jovens com valor seta O filho dela está a ser beatificado
O filho dela está a ser beatificado Imprimir e-mail

O filho dela está a ser beatificado e ela declara: “Ele trouxe-me à Eucaristia”

O testemunho de Antónia Salzano sobre Carlos Acutis, génio da informática, fascinado pelos milagres eucarísticos, falecido aos 15 anos, em 2006, por leucemia fulminante

Carlos Acutis, adolescente italiano que morreu aos 15 anos em 2006 em decorrência de leucemia fulminante, foi declarado “venerável” em 2018 pelo Papa Francisco: trata-se de um passo emblemático no processo de beatificação. O testemunho de vida do jovem Carlos está a trazer muitas pessoas para mais perto da fé – a começar pela sua própria mãe, Antónia Salzano, que hoje o considera um “pequeno salvador”: foi ele, afinal, quem lhe ensinou o amor pela Eucaristia.

Antónia tem viajado por vários lugares para testemunhar a história do pequeno génio da informática que frequentava a Santa Missa todos os dias e que levava uma vida ao mesmo tempo normal e extraordinária, dedicada ao estudo, à família, ao voluntariado em benefício de crianças e idosos e, destacadamente, à vivência de uma fé real e autêntica.

“Desde criança, o Carlos era uma alma muito dedicada. Ele amava ir à igreja, rezar, aprofundar a fé. Eu estava afastada, cresci numa família laica, assim como acho que milhões de pessoas. Ter este filho que me fazia perguntas insistentes sobre a fé obrigou-me a reflectir. Foi um motivo para me aproximar da Igreja e dos sacramentos”.

A vida de Carlos neste mundo foi excepcional até aos últimos momentos, quando ele declarou que oferecia as suas dores físicas a Deus pelo Papa e pela Igreja. A mãe, afirma: “Para mim, o Carlos foi um pequeno salvador que me levou a seguir um caminho especial. Um caminho que eu prossigo. Tento espalhar o legado dele, especialmente a exposição sobre os milagres eucarísticos, que vem percorrendo os cinco continentes e ajudando tantas pessoas”. É que o Carlos criou uma mostra focada em divulgar os milagres ocorridos ao longo da história em torno à Santíssima Eucaristia. O website Miracoli Eucaristici, que trata deles, nasceu da inspiração deste jovem amigo de Jesus.

“Há testemunhos de pessoas que se aproximaram de Deus e começaram uma vida de fé. Para mim este é o maior sinal. O Carlos importava-se muito com a Eucaristia”.

Encarando a doença, Carlos infundiu coragem em sua mãe antes de partir prematuramente: “Mãe, não tenha medo, porque, com a Encarnação de Jesus, a morte tornou-se vida e nós não temos que tentar escapar dela. Na vida eterna, algo de extraordinário espera por nós”.

O jovem também dizia: “Todos nascem originais, mas muitos morrem como fotocópias”.

A mãe comenta: “Jesus dá-nos os sacramentos para não morrermos como fotocópias. Ele doa-se através da Eucaristia, Deus em pessoa; o Seu corpo, sangue, alma e divindade”.

E, citando palavras do Carlos, complementa: “O nosso objectivo deve ser o Infinito, não o finito. O Infinito é a nossa pátria. O Céu sempre esperou por nós. Jesus é amor, Deus é amor. Quando recebemos a Eucaristia, recebemos amor. O propósito de todo o cristão é ser santo. Recebendo a Deus, amando a Deus acima de todas as coisas, amando o próximo como a nós mesmos, recebendo amor através da Eucaristia… Jesus também nos ensina a nos entregarmos aos outros e a crescermos nesse amor a Deus”.

Desde que recebeu a Primeira Comunhão, aos 7 anos de idade, Carlos nunca abandonou o recurso diário à Santa Missa.

“Ele dizia: ‘A Eucaristia é a minha estrada para o céu’. Ele queria que todos entendessem o imenso presente que Jesus nos dá através dos sacramentos”.

E a mãe do Carlos é a melhor “embaixadora” da sua exposição dedicada aos milagres eucarísticos.

“Jesus prometeu: ‘Estarei convosco até ao fim dos tempos’. Ele prometeu e cumpriu. E ainda hoje Ele nos mostra esses sinais extraordinários, que são os milagres eucarísticos que aconteceram em 2006, 2008, 2013. Milagres como o de Lanciano (Itália), onde a hóstia se tornou carne e depois foi descoberto que ela é tecido do miocárdio. Isto é extraordinário! É um grande sinal que, sem dúvida, vai ajudar muitas pessoas que se querem aproximar com sinceridade de Jesus; pessoas que, vendo estes sinais, eu acredito que possam encontrar o significado da sua fé. O Carlos foi uma semente, ou melhor, ele lançou uma semente com esta exposição sobre os milagres eucarísticos”.

Uma semente de fé, para que o mundo creia.

 

Webdesign Contabilidade Porto Porto Apartments