Mensagem

"A Tua Palavra é Luz para os meus passos"

(Sl 119, 105)

 
Início seta A Família seta O que dizer a uma criança que tirou notas baixas na escola
O que dizer a uma criança que tirou notas baixas na escola Imprimir e-mail

 

O que dizer a uma criança que tirou notas baixas na escola?

É difícil ter calma e não se preocupar quando um filho ou uma filha tira notas baixas na escola. No entanto, manter a cabeça fria é a melhor maneira de ajudar os pequenos a restaurar a confiança que eles têm em si mesmos.

Isto porque nem todas as crianças reagem da mesma maneira quando precisam de apresentar as notas aos pais. Há as que se calam, as que demonstram que não estão nem aí (quando, na realidade, estão decepcionadas) e há também as que ficam com raiva delas próprias.

Seja como for, muitos pais acham difícil separar a verdade da mentira e saber que sentimentos as crianças estão realmente a enfrentar. Mas este trabalho de discernimento é necessário para que haja conexão com os filhos. É preciso acompanhá-los nas dificuldades que eles estão a enfrentar e encontrar as frases e comportamentos adequados para equilibrar autoridade e consolo.

A psicóloga e psicoterapeuta Berdadette Lemoine, no livro Pequenas frases para ajudar a crescer, sugere que os pais comecem uma conversa deste tipo da seguinte maneira:

• “Vejo que estás triste, decepcionado ou com raiva…” ou

•“Vejo que não estás nem aí por ter tirado notas baixas”

Outro ponto de discernimento seria tentar entender as causas do mau desempenho:

•Qual a razão destes resultados ruins?

•Deve-se a uma falta de esforço e dedicação ou a dificuldades reais? No primeiro caso, é necessário reagir com autoridade e explicar a necessidade de fazer as coisas com muito esforço. Perguntar às crianças se elas se dedicaram adequadamente e realmente fizeram o melhor que poderiam.

Procurar soluções juntamente com a criança

Continuando a conversa, os pais podem tentar procurar soluções para o problema e mostrarem-se dispostos a ajudar os filhos. Frases como as que estão abaixo costumam funcionar:

•“Podemos trabalhar juntos para melhorar isto?”

•“Vamos ver como poderias ter feito.”

•“O que pensas fazer para melhorar da próxima vez?”

O facto de os pais se juntarem aos filhos na busca de soluções, irá ajudá-los a progredir. Rever as provas com os pequenos para entender onde eles estão errados, repassar as lições e tirar possíveis dúvidas das crianças são boas ferramentas de apoio.

Não se trata de estabelecer objectivos inatingíveis, mas de oferecer apoio efectivo no processo de aprendizagem.

Será que és capaz de fazer isso?

É importante não humilhar as crianças. O que os pais devem fazer é expressar que eles confiam muito no potencial dos filhos. As frases abaixo podem ajudar nesta tarefa:

• “Sei que és capaz”.

• “Não quero que seja o melhor, mas que faças o melhor que puderes.”

O sucesso também depende da autoconfiança das crianças. Dizer que elas são burras ou que não entendem nada é um grande erro. É preciso motivá-las para gerar nelas a autoestima e a confiança nos seus pais.

 

Webdesign Contabilidade Porto Porto Apartments