Mensagem

Basta-me saber que sois jovens para eu vos amar

São João Bosco

 
A Anona Imprimir e-mail

A Anona

A Anona, ou seja o fruto da árvore Graviola, é um produto milagroso para matar as células cancerosas (cancerígenas). É 10.000 vezes mais potente do que a quimioterapia.

De agora em diante, poderás  ajudar um amigo que  necessite, fazendo-o saber que convém  beber sumo de anona, para  curar a enfermidade.                

O seu sabor é  agradável, e não produz os efeitos horríveis da  quimioterapia.

A árvore das anonas é de pequeno porte. Não ocupa muito  espaço.
O fruto é grande e a sua polpa branca, doce, come-se directamente, ou é utilizado normalmente, para fazer  bebidas, sorvetes, doces, etc. 

E se tiver a possibilidade de o fazer, plante uma árvore de anonas no pátio da sua casa. Todas as suas partes são úteis. 
A próxima vez que quiser beber um sumo, peça um de anona. 

O interesse nesta planta deve-se aos seus fortes efeitos anti-cancerígenos. E ainda se lhe atribuem muitas mais propriedades, sendo a mais interessante o efeito que produz sobre os tumores. Está provado que esta planta é um remédio contra todos os tipos de cancro. Há mesmo quem afirme ser de grande utilidade no combate a todos os tipos de cancro.

Considera-se que é um agente anti-micróbios, de largo espectro, contra as infecções bacterianas e por fungos. É eficaz contra os parasitas internos e vermes, baixa a tensão arterial e é um anti-depressivo, combatendo a tensão e as desordens nervosas.

Os  componentes desta árvore  demonstraram actuar 10.000 vezes melhor, retardando o crescimento das células do cancro do que o produto  Adriamycin, uma droga quimioterapêutica, normalmente utilizada no mundo.  
E o que é ainda mais assombroso: este tipo de terapia, com o extracto  de Graviola, ou Guanábana, destrói  somente as células malignas do cancro e não afecta as células sãs.

A fonte desta informação é fascinante: procede de um dos maiores fabricantes de remédios do mundo, afirmando que depois de mais de 200 provas de laboratório, realizadas a partir de 1970, as conclusões revelaram que: 
destrói as células malignas em 12 tipos de cancro, incluindo as do cólon, do peito, da próstata, dos pulmões e do pâncreas…

Instituto de Ciências da Saúde,  L.L.C. 819 N. Charles Street Baltimore, MD  1201

 

Webdesign Contabilidade Porto Porto Apartments