Mensagem


Abri as portas ao Redentor

João Paulo II

 
Início seta Alguns Santos seta Santa Catarina de Sena
Santa Catarina de Sena Imprimir e-mail

Santa Catarina nasceu em Sena, no dia 25 de Março de 1347. Na Europa, a peste negra e as guerras semeavam o pânico e a morte. A Igreja sofria pelas suas divisões internas e pela existência de "antipapas" (chegaram a existir três papas, simultaneamente).

Desejando seguir o caminho da perfeição, aos 15 anos Catarina ingressou na Ordem Terceira de São Domingos. Viveu um amor apaixonado e apaixonante por Deus e pelo próximo. Lutou ardorosamente pela restauração da paz política e pela harmonia entre os seus concidadãos. Contribuiu para a solução da crise religiosa provocada pelos antipapas, fazendo com que Gregório XI voltasse a Roma. Embora analfabeta, ditava as suas cartas endereçadas aos papas, aos reis e líderes, como também ao povo humilde. Foi, enfim, uma mulher empenhada social e politicamente e exerceu grande influência religiosa na Igreja de seu tempo.

As suas atitudes não deixaram de causar perplexidade nos seus contemporâneos. Adiantou-se séculos aos padrões da sua época, quando a participação da mulher na Igreja era quase nula ou inexistente. Deixou-nos o "Diálogo sobre a Divina Providência", uma exposição clara das suas ideias teológicas e da sua mística, o que coloca Santa Catarina de Sena entre os Doutores da Igreja.
Morreu aos 33 anos de idade, no dia 29 de Abril de 1380.

Quero desposar-te na Fé
Numa terça-feira gorda, antes do início da Quaresma, enquanto Santa Catarina de Siena rezava na sua cela, Jesus apareceu-lhe e disse-lhe: "Por minha causa, rejeitaste e te afastaste de todas as vaidades do mundo. Desprezando os deleites da carne, colocaste o prazer do teu coração, somente em Mim. Eis porque, hoje, eu também quero celebrar, solenemente, contigo, a festa das núpcias da tua alma. Assim como te prometi, quero desposar-te na Fé."

Em seguida, "surgiram a Virgem Maria, sua gloriosa Mãe, o bem-aventurado João, o Evangelista, o glorioso apóstolo Paulo, São Domingos e o Profeta David. A Virgem Maria, Mãe de Deus, com a sua mão santíssima tomou a mão de Santa Catarina, virgem, e, estendendo os dedos em direcção a seu Filho, pediu-lhe que se dignasse desposar Catarina, na Fé. O Filho único de Deus, num gesto afectuoso, de consentimento, apresentou um anel de ouro e, com a mão direita, colocou-o no dedo anelar da mão direita da nossa virgem..."

Catarina de Siena (1347-1380), santa italiana, terciária dominicana, doutora da Igreja, foi canonizada em 1461.

 

 

 

Webdesign Contabilidade Porto Porto Apartments