Mensagem

"A Tua Palavra é Luz para os meus passos"

(Sl 119, 105)

 
Santa Ema Imprimir e-mail

Por parte da sua mãe, não havia testemunho e nem incentivo à santidade.
O chamamento que ela tinha no coração era ao matrimónio, por isso casou-se com o Conde Ludgero e teve um filho, o qual se abriu à vocação a que Deus o chamava.
Este, iluminado pelo testemunho da sua mãe Ema, tornou-se sacerdote e depois bispo.

Ao ficar viúva, Ema discerniu e decidiu consagrar a sua viuvez ao Senhor, numa vida de oração expressa na caridade. Muitos conventos e abadias foram construídas através da sua generosidade, mas viveu no meio da sociedade, administrando os seus bens para benefício do próximo.

Santa Ema passou os últimos momentos da sua vida numa Abadia, após 40 anos de dedicação a Deus, falecendo em 1045.

Depois de muito tempo abriram o seu túmulo, e encontraram o seu corpo todo em pó, excepto a sua mão direita, que estava intacta. Era a mão que ela mais dava. Um sinal de que a santidade passa pela caridade.

Santa Ema, rogai por nós!

 

Webdesign Contabilidade Porto Porto Apartments